Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

CONET&Intersindical tem debate sobre sustentabilidade no transporte e apresentação de pesquisas do setor

O encontro reuniu executivos, empresários e lideranças para discutir as principais tendências, desafios e oportunidades que estão definindo o futuro do setor de transporte no país.


Por Agência de Notícias Publicado 26/02/2024 às 17h57
 Tempo de leitura estimado: 00:00

O Sistema Transporte participou, na semana passada, da primeira edição de 2024 do CONET&Intersindical (Conselho Nacional de Estudos em Transportes, Custos, Tarifas e Mercado), realizado pela NTC&Logística, em São Paulo (SP). O evento é realizado duas vezes ao ano com o objetivo de divulgar pesquisas nacionais sobre tarifas, frete, legislação e políticas públicas voltadas ao transporte rodoviário de cargas (TRC) e abrir espaço de debates com as lideranças do segmento para analisar temas considerados recorrentes e importantes, como sustentabilidade.

A cerimônia de abertura contou com a presença do presidente do Sistema Transporte, Vander Costa. Além do presidente da NTC&Logística, Eduardo Rebuzzi; e de outros membros da nova diretoria apresentada na cerimônia.

Na ocasião, Eduardo Rebuzzi exaltou a iniciativa.

“O CONET&Intersindical é uma oportunidade única para reunirmos os principais palestrantes e especialistas do setor, criando um ambiente rico para debates sobre temas cruciais para o desenvolvimento e a sustentabilidade do transporte rodoviário de cargas. Estamos em um momento importante, e as discussões geradas aqui são fundamentais para o direcionamento estratégico do nosso segmento”, garantiu.

Durante a programação, houve a apresentação dos resultados do Índice Nacional dos Custos de Transporte. A pesquisa realizada pela NTC&Logística indica que os reajustes no frete não foram suficientes para cobrir os aumentos dos custos dos últimos anos. A sondagem indica ainda a existência de uma defasagem média no TRC de 8,5%, sendo de 9,6% no transporte de carga fracionada (onde as cargas de vários clientes são compartilhadas no mesmo veículo) e de 7,6% na carga lotação (onde a carga de um único embarcador ocupa toda a capacidade do veículo). 

Segundo a Associação, esta defasagem entre o frete que se recebe e os custos que a NTC apurou demonstra como as empresas do setor receberam o impacto com as instabilidades e os aumentos do preço dos insumos.

No painel “Adição do Biodiesel e seus Impactos no Transporte Rodoviário de Cargas”, a gerente Ambiental da CNT (Confederação Nacional do Transporte), Érica Marcos, falou sobre sustentabilidade no transporte. Assim como, transição energética e a questão do biocombustível no país. Em seguida, o diretor executivo da CNT, Bruno Batista, subiu ao palco e apresentou o resultado da Pesquisa CNT de Rodovias 2023. E, também, de outros estudos técnicos realizados pela Confederação.

Também prestigiaram o evento a diretora executiva nacional do SEST SENAT, Nicole Goulart, o diretor de Relações Institucionais da CNT, Valter Souza. Além deles, a diretora adjunta do ITL (Instituto de Transporte e Logística), Eliana Costa.

Nova diretoria

Durante a abertura do CONET&Intersindical, houve a realização da apresentação da diretoria da NTC&Logística para a gestão 2024-2027. A respeito da missão assumida, o presidente Eduardo Rebuzzi, comentou. “Realizaremos juntos uma gestão de muita dedicação e trabalho. Dessa forma, entregando aos nossos representados os resultados que esperam da NTC&Logística em defesa e em busca do desenvolvimento do transporte rodoviário de cargas, priorizando sempre o diálogo e o entendimento”.

O presidente do Sistema Transporte, Vander Costa, participou da cerimônia assim como deu as boas-vindas aos membros da nova diretoria. Em sua fala, por exemplo, o presidente também destacou os principais pontos de interesse do segmento de transporte rodoviário de cargas. Sempre defendido pelo Sistema Transporte.

As informações são da Agência CNT Transporte Atual

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *