Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

19 de julho de 2024

Ciclista: veja 10 dicas para pedalar com segurança

Os ciclistas devem respeitar as regras de trânsito, utilizar equipamentos de proteção e locais seguros de locomoção.


Por Assessoria de Imprensa Publicado 20/11/2023 às 11h00
Ouvir: 00:00
Pedalar com segurança
Via compartilhada para trânsito de bicicletas e outros veículos em Curitiba. Foto: Pedro Ribas/SMCS

Para haver uma convivência harmoniosa entre ciclistas, motoristas e pedestres, é preciso ressaltar a necessidade de se respeitar as regras de trânsito, utilizar equipamentos de proteção e locais seguros de locomoção. A informação é da Prefeitura Municipal de Curitiba, mas vale para os ciclistas de todo país.

Curitiba, conforme a Prefeitura, conta com uma malha cicloviária de 280,2 km, entre ciclovias, ciclofaixas, ciclorrotas e vias compartilhadas. De acordo com o Plano Cicloviário feito pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) e pela Setran, até 2025, serão cerca de 400 km por toda a cidade.

Veja dicas de segurança da Superintendência de Trânsito (Setran) aos ciclistas que pedalam pelas ruas da capital paranaense e por todo Brasil.

Pedale com segurança

1 – Respeite TODA a sinalização de trânsito. As leis de trânsito valem PARA TODOS, incluindo as regras de semáforo, faixa de pedestres e uso de calçadas.

2 – É proibido pedalar na CONTRAMÃO do fluxo de veículos na rua. Quando for necessário pedalar pela via onde trafegam outros veículos, deve-se respeitar o sentido de trânsito, exceto quando estiver utilizando uma estrutura cicloviária bidirecional.

3 – Proibido pedalar nas CANALETAS e FAIXAS exclusivas de ônibus. Além da proibição, as ciclofaixas são mais seguras. Onde não houver o espaço, o ciclista deve usar a rua, com os carros.

4 – Nas calçadas e calçadões DESMONTE da bicicleta. Ou seja, a circulação nestes locais é exclusiva dos pedestres. Só é permitido nas calçadas compartilhadas (elas estão sinalizadas).

5 – Não esqueça dos equipamentos obrigatórios: espelho retrovisor, campainha e sinalização refletiva. Esses elementos reforçam a segurança, já que expõem melhor os ciclistas.

6 – Atenção aos acessórios opcionais: capacete, luzes adicionais dianteira e traseira, luvas ajudam muito na segurança, pois diminuem a exposição do corpo a um possível impacto.

7 – NÃO ao celular assim como ao fone de ouvido. Você precisa estar atento e pode não ouvir um alerta importante.

8 – Use gestos para sinalizar o trajeto. Para virar numa rua? Estique o braço para o lado correto. Vai parar? Sinalize com a mão para cima. Vai seguir em frente? Estique o braço para frente. Isso evite colisões.

9 – Ônibus parado no ponto? A preferência é dos passageiros. Ao passar por ponto de ônibus, evite ultrapassar o veículo. Aguarde a entrada/saída dos passageiros.

10 – Nunca PEGUE CARONA em outro veículo. A prática de ser rebocado por outro veículo é perigosa bem como pode acarretar acidentes graves.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *