Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

25 de julho de 2024

Rotatórias precisam ser sinalizadas com a placa PARE? Veja a resposta!

Muitas pessoas têm dúvidas se é preciso sinalizar as rotatórias com a placa PARE. Esse foi o tema de um de nossos programas Tira-dúvidas.


Por Mariana Czerwonka Publicado 12/05/2023 às 08h15
Ouvir: 00:00
Placa em rotatória
Exemplo de rotatória em Curitiba. Foto: José Fernando Ogura/SMCS.

Rotatórias, conforme o dicionário Priberam, são locais circulares onde desembocam várias ruas e o trânsito se processa em sentido giratório. Para definir as regras nesses cruzamentos, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) trata da preferência nestes locais de forma clara. No entanto, muitas pessoas têm dúvidas se é preciso sinalizar as rotatórias com a placa PARE. Esse foi o tema de um de nossos programas Tira-dúvidas.

Para quem não lembra, de acordo com o CTB, a preferência de passagem é sempre de quem está circulando pela rotatória, desde que não haja sinalização indicando contrário. Para Celso Mariano, especialista e diretor do Portal do Trânsito, a placa R-33 de regulamentação que mostra qual é o sentido que se deve circular tem que estar presente em toda e qualquer rotatória.

“No entanto, a placa PARE não deveria ser utilizada. Este é o entendimento de muitos profissionais da área. Muitos órgãos de trânsito colocam a placa R-1 de parada obrigatória para reforçar a importância de se dar atenção para aquele cruzamento”, argumenta.

O especialista ainda aconselha sobre como se portar nesses casos. “Polêmicas à parte, se houver placa R-1 no cruzamento, pare completamente o veículo antes de entrar na rotatória. Se houver apenas a placa de rotatória, siga a regra simples da rotatória que é dar preferência a quem já estiver circulando nela”, pontua Mariano.

Assista ao comentário completo de Celso Mariano sobre sinalização em rotatórias, no programa Tira-dúvidas do Portal do Trânsito.

Normas gerais de circulação e conduta

Segundo o CTB, são aquelas que definem comportamentos corretos dos usuários das vias terrestres, principalmente dos condutores de veículos. Apesar de serem procedimentos básicos que todo condutor deve praticar, os erros em manobras, extremamente frequentes, são responsáveis por grande parte das infrações e sinistros de trânsito.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

2 comentários

  • Julio Augusto Ferreira
    12/05/2023 às 09:06

    Havendo visibilidade, a placa R-1 não deve ser opção. Contudo, muito se valem dela justificando reforço na segurança e pelo contrário, estão cometendo grave erro.
    O MBST já disciplina isso, mas mesmo os manuais não ajudam, pois o problema está nos pseudos especialistas.

    • Jorge sato
      14/05/2023 às 11:08

      Não existe bom senso nas rotatórias os motoristas passam numa velocidade absurda e quando entramos em baixa velocidade eles reclamam ofendem buzinam.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *