Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

23 de julho de 2024

Saiba mais sobre o cartão transporte em Curitiba

Segundo a Prefeitura de Curitiba, atualmente todas as linhas de ônibus da capital aceitam tanto cartão transporte quanto cartões de crédito e débito


Por Accio Comunicação Publicado 21/06/2023 às 15h00
Ouvir: 00:00
Cartão usuário sendo autorizado a passar a catraca, em tubo de ôniubus.
Foto: Hully Paiva/SMCS Curitiba

De acordo com dados disponibilizados pela Prefeitura de Curitiba, em 2022, cerca de 1 milhão e 99 mil pessoas foram transportadas, por dia, na Rede Integrada de Transporte na capital. Em 2021, o número foi de 814 mil pessoas e em 2020, 710 mil.

Em paralelo, a gestão municipal também declarou que, atualmente, 100% das linhas de ônibus de Curitiba operam sem cobrador.

Ou seja, se você tem que pegar um ônibus na capital paranaense, precisa de um cartão transporte atualizado e funcional.

Confira algumas vantagens que o cartão de transporte oferece aos passageiros do transporte coletivo em Curitiba.

Usar o cartão transporte diminui os assaltos

Linha Pinheirinho/Cabral, no tubo Comendador Fontana em Curitiba
Foto: Levy Ferreira/SMCS Curitiba

De acordo com a Prefeitura de Curitiba, com menos dinheiro em circulação no transporte coletivo, o número de assaltos em ônibus diminuiu em 87% entre 2019 e 2022.

Em tempo, o prefeito Rafael Greca (PSD-PR) informou que o valor da passagem não deve aumentar até o fim do ano de 2024, quando termina o seu segundo mandato.

Cartões de transporte: quais os tipos e como comprar um em Curitiba?

Atualmente, o sistema de transporte coletivo de Curitiba conta com quatro modalidades de cartão transporte: Cartão Usuário; Cartão Isento; Cartão Estudante; e Cartão Avulso.

Confira como funciona cada uma dessas modalidades:

  • Cartão Usuário: pode ser obtido, de forma gratuita, com documento original de identificação com foto, CPF e comprovante de endereço.
  • Cartão Isento: a modalidade é direcionada a idosos (+65), pessoas com deficiência e patologia crônica (deficiência física, intelectual, auditiva, visual, transtornos do espectro autista, deficiência múltipla e/ou patologias crônicas) e aposentados por invalidez (desde que comprovados). Mais informações nos postos de atendimento da URBS.
  • Estudante: voltada para estudantes que residem e estudam em Curitiba. Para ter esse cartão de transporte é necessário matrícula em escola de ensino regular fundamental, médio, técnico ou superior. Além disso, o aluno deve morar a mais de 10 quadras do local de estudo. Mais informações no site da URBS;
    • Avulso: destinados a usuários não cadastrados. É comercializado em postos de venda autorizados ou credenciados pela URBS e pode ser carregado até o saldo máximo de 25 créditos. Locais que possuem o cartão à venda estão no site da URBS.

Onde comprar os créditos

Tubo Estação Central, próximo a Rua XV de Novembro
Foto: Daniel Castellano/SMCS Prefeitura

Atualmente, em Curitiba é possível carregar o cartão de transporte em terminais de ônibus, vendas credenciadas, aplicativos credenciados (Recarga Play, PIU e Mercado Pago), via WhattsApp (Recarga Cliqx e Vai de Bus) e, por fim, no Sistema de Bilhetagem Eletrônica.

Além disso, também é possível pagar a passagem de ônibus circulares em Curitiba por cartão de crédito ou débito (sujeito a taxas bancárias).

A URBS, por fim, ressalta que no caso da compra pela internet, disponibilizam-se os créditos em até 72 horas após o órgão identificar o pagamento.

Leia também no Portal do Trânsito:

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *