Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

27 de fevereiro de 2024

Multas para infrações de trânsito serão convertidas em advertências


Por Talita Inaba Publicado 12/03/2013 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 17h19
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Para o motorista que antes teria de pagar uma multa no valor de quase R$ 60 por uma infração de trânsito leve ou R$ 85,13 por uma infração média, uma boa notícia: em 15 dias, uma nova regra começa a valer no Distrito Federal. A partir de 26 de março, essas multas serão convertidas em advertências por escrito. Segundo o Detran (Departamento de Trânsito), o condutor que cometer o deslize de dirigir com o braço para o lado de fora do veículo, por exemplo, que é considerado uma infração média e quatro pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação), será punido pelo órgão apenas com uma advertência por escrito. Para conseguir o benefício, o interessado não precisa ir ao Detran. Basta entrar no site, digitar os dados do veículo e do condutor. Na mesma hora, o sistema fará uma varredura no prontuário do motorista e responderá se ele se encaixa no perfil. Em caso positivo, é só o condutor imprimir o comprovante. Apenas uma por ano De acordo com o Detran, a conversão só poderá ser realizada uma única vez a cada 12 meses. Conforme relatou o diretor do órgão, José Alves Bezerra, essa medida é uma forma de educar os condutores. — Apesar de o Detran deixar de arrecadar, quem ganha é o órgão quanto os condutores. Esperamos que eles tenham mais consciência no trânsito. Alguns exemplos de infrações médias: Dirigir o veículo com o braço para o lado de fora Estacionar o veículo na contramão Atirar objetos para fora do veículo Falar ao celular ou usando fones de ouvido enquanto dirige Alguns exemplos de infrações leves: Parar afastado da guia de 50 centímetros a um metro Estacionar os veículos nos acostamentos Conduzir o veículo sem os documentos de porte obrigatório Usar buzina prolongada/sucessivamente a qualquer pretexto Fonte: R7.com.br

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *