Trending News

Notícias

Notícias

OMS cria biblioteca de campanhas de segurança viária 

OMS cria biblioteca de campanhas de segurança viária

Campanhas de segurança viáriaNo mundo todo, mais de 1,2 milhão de pessoas morrem vítimas de acidentes de trânsito a cada ano, e pelo menos 50 milhões são feridas. Porém, segundo estudos, a maior parte dessas tragédias pode ser evitada com a realização de melhorias estruturais em rodovias e veículos, com um comportamento responsável por parte dos motoristas, além de uma fiscalização mais rigorosa.

No que diz respeito ao comportamento das pessoas, além da educação para o trânsito nas escolas, algumas medidas podem ser promovidas e incentivadas com a difusão de campanhas pela televisão e pelo rádio.

Pensando no papel dessas campanhas como agentes de conscientização, a Organização Mundial da Saúde organizou uma biblioteca online com as campanhas de mídia de massa de segurança viária. Chamado de Online library of road safety mass media campaigns, o espaço reúne as melhores campanhas se segurança em áudio e vídeo produzidas em regiões do mundo todo.

As campanhas podem ser pesquisadas em três categorias: assunto, linguagem e região. São peças sobre segurança infantil, distrações ao volante, dirigir sob efeito de bebida alcoólica, uso de cinto de segurança e capacete, segurança viária em geral, dirigir em alta velocidade, entre outros riscos, produzidas em diferentes países para alertar os motoristas.

As mais impactantes dessas campanhas atentam para o que acontece quando as pessoas descumprem as leis e as consequências em termos de morte, lesões e danos físicos permanentes, bem como multas e prisão. Veja algumas delas.

Austrália

Campanha mostra que a redução da velocidade em 10 km/h, pode fazer a diferença em um acidente:

A distração cega as pessoas e pode causar danos irreversíveis

Camboja

Campanha mostra os perigos de beber e dirigir

Brasil

Campanha mostra que um ou dois copos podem fazer a diferença.

Assista outros na nossa página do Facebook.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *