Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

26 de fevereiro de 2024

População pode solicitar implantação de radares


Por Mariana Czerwonka Publicado 21/11/2013 às 02h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h24
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Radares na ruaMembros de comunidade e sociedade civil podem se mobilizar e solicitar a instalação de radares

Os radares são importantes para a segurança e prevenção de acidentes, pela concepção das entidades ligadas ao trânsito. Entendendo o papel desses equipamentos é que membros de comunidade e sociedade civil também podem se mobilizar para que sejam instalados radares em pontos que, ao seu modo de vista, são essenciais.

É o caso do pastor evangélico Isaac Mendes, líder comunitário do bairro Vila Nova, que solicitou ao Detran a implantação de um radar nas proximidades do bairro Raimundo Melo, uma vez que os pedestres têm dificuldade de atravessar no local. “O radar é muito importante, porque inibe essa ação de motorista que quer andar a vontade, correndo da maneira imprudente. E o melhor de tudo é que estamos preservando vidas, o que não tem preço”, afirma.

De acordo com a engenheira de trânsito do Detran, Samara Ricarte, a população pode solicitar a implantação desses equipamentos. Porém, é necessário realizar, previamente, estudos de engenharia, para apurar se o radar é a melhor maneira para resolver os problemas de tráfego no local. “Nem sempre a melhor alternativa é o radar. Algumas vezes, um semáforo, uma faixa de pedestre ou outro elemento de sinalização é suficiente para suprir os problemas de tráfego em determinados locais. Por isso é necessária a realização de estudo técnico prévio”, reforça.

Em março de 2012, o Detran/AC realizou pesquisa, por meio do Instituto Data Control, visando obter informações sobre o modelo de trânsito que a população de Rio Branco desejava. Nesse contexto, 77% dos moradores da capital acreana se mostraram a favor do retorno dos radares.

Fonte: ORB

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *