Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

26 de fevereiro de 2024

Renault cria carro com drone para que motorista fuja do trânsito


Por Mariana Czerwonka Publicado 10/02/2014 às 02h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h19
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Renault cria carro droneO Salão do Automóvel da Índia trouxe novidades tecnológicas interessantes vindas da Renault. A fabricante anunciou a criação do Kwid Concept, um carro que foi equipado com um drone. Os drones tem ganhado muita atenção do mercado de tecnologia recentemente: eles são naves não tripuladas, em sua grande maioria de tamanho compacto.

No Kwid Concept o drone tem como objetivo ajudar o motorista a visualizar o que está na sua frente e, consequentemente, evitar problemas de congestionamento ou identificar acidentes à sua frente.

Para isso, o drone deve transmitir vídeos em tempo real para o carro e o motorista poderá fazer o controle por meio de um tablet instalado no painel do carro. Assim que o carro for estacionado, o drone seria recolhido e guardado automaticamente em um compartimento especial no teto.

Embora seja apenas um conceito, a Renault declarou ao jornal britânico Daily Mail que o Kwid Concept poderá ser comercializado em dois anos.

As dúvidas que ficam são: com a intensificação do uso de ferramentas como o Waze, que preveem no próprio GPS a existência de engarrafamentos e acidentes, o quanto é útil um drone capaz de fazer um trabalho muito similar? A existência de um tablet no painel do carro pode distrair o motorista e, inclusive, ferir diversas legislações de trânsito, até mesmo a brasileira. Será que a Renault tem um “plano B” para o automóvel?

De qualquer forma, mesmo que não se adeque às necessidades do usuário comum, o Kwid seria uma ótima opção para o serviço público, como agentes de trânsito e policiais, sendo um projeto que poderia se expandir até mesmo para equipes de resgate e ambulâncias.

Por enquanto, o que se sabe é que o carro foi projetado para rodar com um motor turbo a gasolina e dupla embreagem. Segundo a montadora, um modelo com motor elétrico também está sendo projetado.

Fonte: Canal tech

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *