Notícias

Notícias

SP: rodízio de veículos não será suspenso no período de férias 

SP: rodízio de veículos não será suspenso no período de férias
Foto: Freeimages.com

Ao contrário dos anos anteriores, o rodízio de veículos na capital paulista não será suspenso entre Natal e Ano-novo e nem em janeiro de 2021.

Rodízio de veículos
Foto: Freeimages.com

Seguindo recomendações das autoridades municipais de saúde, o rodízio municipal de veículos será mantido no período de Natal, Ano Novo e durante o mês de janeiro de 2021, exceto feriados. A medida foi divulgada pela Prefeitura de São Paulo na semana passada e tem como objetivo conter o avanço da Covid-19 na capital.

Também continuam valendo normalmente o rodízio de placas para veículos pesados (caminhões). E, também, as demais restrições: Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição ao Fretamento (ZMRF).

Rodízio

O rodízio funciona da seguinte forma: nas segundas, veículos com placas finais 1 e 2 não podem circular na região. Já nas terças-feiras, veículos com placas finais 3 e 4. Nas quartas, placas finais 5 e 6. Já nas quintas, placas finais 7 e 8. E, por fim, nas sextas, veículos com placas finais 9 e 0 não podem circular no Centro Expandido.

Durante o rodízio os veículos ficam impedidos de circular no Centro Expandido, incluindo as vias que delimitam o chamado Mini Anel Viário, formado pelas marginais Tietê e Pinheiros, avenidas dos Bandeirantes e Afonso D´Esccragnole Taunay, Complexo Viário Maria Maluf, avenidas Tancredo Neves e Juntas Provisórias, Viaduto Grande São Paulo e avenidas Professor Luís Inácio de Anhaia Melo e Salim Farah Maluf.

Desrespeito

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), transitar em locais e horários não permitidos é infração média, com multa de R$ 130,16 e acréscimo de quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Artigos Recomendados Para Você

18 Comentários

  1. CFC News 14/12: novidades dos Detrans, CDT e Dezembro Verde - Portal do Trânsito

    […] o rodízio de veículos era suspenso em São Paulo no período das festas de fim de ano e das férias de janeiro. Por […]

  2. Silvana Regina Matana

    o rodízio deveria ser mantido como nos anos anteriores, pois do contrário do que se pensa, evitaria tumultos no metro e ônibus, pois as pessoas poderiam ir e vir com seu próprio carro, aliviando os ônibus e metros.

  3. Pedro

    Tranquilo… Vou deixar de andar protegido no meu carro, pra ter que pegar metrô lotado que é bem mais seguro…

  4. Jardel

    Bom dia!
    Vamos deixar o carro na rua e se aglomerar no metrô, ônibus e trêm. Este é a forma mais errada de evitar a contaminação. Estamos ferrados mesmo com estes governantes.

  5. JEAN ALVES DE OLIVEIRA

    Mais uma vez Autoridades inuteis, agora pegar onibus lotado pode, bando de imbecil

  6. Ze Chorao

    Sobre a não suspensão do rodízio de veículos em São Paulo e as reclamações de algumas pessoas a esse respeito.
    Está “certíssimo” não suspender, afinal as autoridades também irão trafegar pela cidade, como habitualmente fazem, utilizando transporte público, os quais estão sempre com espaço adequado ao distanciamento necessário para evitar contágio.
    Ademais as autoridades nem carro oficial possuem, e os raríssimos casos, seguem rigorosamente as regras do rodízio.
    Por que tanta gritaria dessa parte da população que deseja esse privilégio de utilizar seus carros quando bem desejam? Quando pagam os impostos correspondentes, deduzindo 14%, que corresponde a um dia a cada 7, aí não reclamam. É um povinho de caráter muito deslavado, só querendo mamar nas tetas do governo.
    Bruninho não foi eleito. Ele, “graças a Deus, conseguiu usurpar os votos na eleição.
    Graças a Deus, porque o Boulos,, que foi a “maravilhosa” opção que os eleitores colocaram no segundo turno, sem a prática de tentar roubar as propriedades alheias com invasões, portanto um bom menino, não ganhou.
    Talvez com Boulos fosse diferente: rodízio liberado com seu carro, propriedade sua, sendo invadido pelos que não tenham carro, tal qual se faz com os imóveis.
    Que insensibilidade desses chorões que querem a interrupção do rodízio, uma prática extremamente democrática, praticada, por exemplo, na Suécia, EEUU e outros países atrasados.
    Pra concluir, vamos importar, do RJ, pra próxima eleição, pilares da decência na política: Cabral, Paes, Witzel, Flavinho, Benedita.
    Ah! Paulo Maluf, a quem tanto critiquei por supor desonestidades: és uma vestal!

  7. José Diniz

    Ridiculo o rodízio em São Paulo
    Uma, forma de arrecadação que o Bruneco achou para roubar a população,de São Paulo

  8. Eduardo

    Na verdade a única intenção do poder público é a receita. Neste período o trânsito diminui drasticamente. O normal seria liberar os carros para aliviar um pouco a aglomeração do transporte coletivo.

  9. Osvaldo

    Isso é uma maneira de arrecadar mais sobre a população que já está com tanta dificuldade.
    Uma sacanagem! Hoje recebi duas multas de véspera de Natal é de Ano Novo, pois não me informei e imaginei ser como nos anos anteriores. Um absurdo precisamos nos deslocar e aí ao invés de usar o carro precisamos ir de metrô lotado! Esse prefeito e governador de São Paulo são uma vergonha! Nunca mais voto neles!

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']