Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

26 de fevereiro de 2024

STF pede relatório sobre multas aplicadas nos bloqueios em rodovias


Por Agência de Notícias Publicado 04/11/2022 às 21h00 Atualizado 08/11/2022 às 21h01
 Tempo de leitura estimado: 00:00

A PRF deve apresentar relatório com as multas aplicadas a veículos que participaram de bloqueios em rodovias.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes deu prazo de 48 horas para que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apresente relatório de todas as multas aplicadas a veículos que participaram de bloqueios em rodovias federais.

A decisão foi tomada na ação na qual o ministro determinou, na segunda-feira (31), o total desbloqueio das rodovias federais que registraram paralisações de caminhoneiros.

“Intime-se, com urgência e inclusive por meios eletrônicos, o diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para que apresente, no prazo de 48 horas, o relatório circunstanciado de todas as multas aplicadas em cumprimento à decisão proferida nos presentes autos. Com a identificação dos veículos assim como pessoas autuadas”, determinou o ministro.


Leia também:

Bloqueio de rodovias: o que devemos saber sobre este tipo de infração? 

Pontos de bloqueio

De acordo com a PRF, ainda restam 73 pontos de interdição parcial ou bloqueio integral em trechos de vias federais que cortam o país. Conforme a corporação, policiais rodoviários federais já conseguiram liberar o trânsito em 876 localidades.

No domingo (30), grupos de caminhoneiros iniciaram bloqueios em diversos pontos do país. O fato ocorreu após o anúncio da vitória de Luiz Inácio Lula da Silva para a Presidência da República em segundo turno.

As informações são da Agência Brasil

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *