Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

27 de fevereiro de 2024

Teste mostra que híbridos alteram personalidade de condutores


Por Mariana Czerwonka Publicado 06/07/2014 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h09
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Veículos híbridos da Toyota

No caótico trânsito de Roma a Toyota convidou alguns motoristas para experimentarem as diferenças entre a condução de um veículo híbrido e dos outros automóveis

Você é daquelas pessoas que se estressa por pouco no trânsito? Reclama, xinga e briga com pedestres, ciclistas e outros motoristas? Então este vídeo da Toyota é exatamente para você, já que a marca decidiu investigar no complicado e intenso trânsito da cidade de Roma as alterações de comportamento dos condutores ao volante de um veículo híbrido.

Com auxílio de um professor de psicologia para analisar os resultados e a forma de agir dos indivíduos deste estudo, a Toyota convidou 30 condutores a testar durante 120 horas os veículos híbridos da marca, para verificar o efeito que isso teria no comportamento e reações dos motoristas. Para 80% dos envolvidos, os híbridos lhe transmitiram sensações positivas e a quase totalidade dos motoristas ouvidos reportou que nos veículos mais ecológicos se sentiram menos estressados, frustrados e chateados e, em consequência, mais felizes e calmos.

No vídeo abaixo é possível verificar a forma como não só os insultos dos condutores vão parando mas até as suas expressões mais fechadas, vão abrindo e é possível verificar que eles estão mais calmos e descontraídos. Num dos casos, a surpresa é tanta, que uma condutora fica espantada pelo fato de conseguir ouvir as pessoas conversarem fora do automóvel, mesmo com as janelas fechadas.

 

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *