Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

27 de fevereiro de 2024

3 dúvidas comuns sobre dirigir fora do país que você precisa conhecer

Muitas pessoas têm dúvidas quando o assunto é dirigir fora do país. Por este motivo, falaremos de quais são as necessidades e o que precisa ser feito para que você possa usufruir do carro sem ser no Brasil.


Por Agência de Conteúdo Publicado 11/11/2023 às 13h30
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Dirigir fora do país
Veja as principais informações para quem vai dirigir fora do país. Foto: Imagem de Hadi Slash / Pexels

Só de pensar na oportunidade de dirigir fora do Brasil, já dá uma sensação diferente, não é mesmo? Então, se você vai viajar e quer entender o que é necessário para conseguir pilotar em pistas que não brasileiras, fique atento neste texto porque daremos algumas dicas.

A primeira coisa que você precisa ter em mente é que cada localização tem a sua particularidade. Por este motivo, devemos ficar de olho nas regras para não sermos pegos no susto. Dependendo do país, você poderá utilizar a CNH brasileira junto com o RG (carteira de identidade).

Porém, em outras localidades como, por exemplo, na Alemanha, Canadá, Estados Unidos, Portugal, México e França é preciso ter a Permissão Internacional para Dirigir (PID). É um documento que não é obrigatório, mas pode ser pedido em algum momento durante a viagem.

O que é preciso para dirigir fora do país? Saiba mais aqui

Além do PID, existem algumas dúvidas, principalmente, relacionadas ao seguro de vida, se cobre acidentes no trânsito quando o segurado está dirigindo e isso pode deixar as pessoas que estão com viagem marcada se confundirem.

A contratação deste tipo de seguro, se você estiver interessado, pode acontecer diretamente com o corretor de seguros pessoalmente ou através de plataformas digitais. As dúvidas devem ser sanadas diretamente com o profissional também, já que existem regras que mudam, conforme a empresa.

É importante ressaltar que, mesmo que esteja viajando com um carro de uma empresa, o seguro auto empresarial que conhecemos no Brasil não tem validade. Na América do Sul, por exemplo, é necessário ter o Seguro Carta Verde, que, em caso de acidente de trânsito, dará proteção a terceiros.

O mais recomendável é sempre contar com a proteção de uma seguradora e, conforme o país a ser visitado, escolher uma das melhores empresas do mercado para contratar o melhor seguro para carros. Mas existem outras dúvidas comuns sobre dirigir fora do país que você precisa conhecer.

Saiba mais!

1 – Tem idade mínima para dirigir fora do Brasil?

Nos Estados Unidos, México e Canadá, apenas as pessoas estrangeiras a partir de 25 anos podem dirigir, mas, se você tem, no mínimo, 21 anos, poderá dirigir um carro. Porém, terá que pagar uma taxa a cada dia chamada “Young Driver”.

Assim como nos países que citamos acima, a Europa também tem a idade mínima de 25 anos. Quem tem de 21 a 24 tem a possibilidade de alugar um carro básico, mas terá que pagar uma taxa que pode chegar a 30 euros por dia.

Chegando na América do Sul, no Uruguai a idade é de 23 anos. No Paraguai e Chile, o mínimo exigido é 22 anos.

2 – Como eu faço para tirar PID?

Como citamos, é indicado a emissão do PID para que você tenha mais tranquilidade durante a sua viagem. Então, bora saber como emitir. A emissão é simples, basta fazer uma solicitação, via internet, no site do DETRAN do seu estado. Na plataforma, procure por CNH-Habilitação. Após tudo certo, a entrega do documento acontece via Correios e a taxa tem uma variação dependendo da localidade.

Importante pontuar que, se a sua CNH estiver vencida, suspensa ou cassada, não poderá solicitar a PID. Nem todos os países exigem a documentação, mas existem algumas regiões que podem ser obrigatórias como, por exemplo, Oriente Médio, Nova Zelândia, África e Austrália.

Mais um detalhe. Na China e no Japão pode ser obrigatório a emissão da CNH local, por conta do idioma.

O bom é que a PID tem validade de três anos ou, se a CNH vencer antes, ela vencerá junto.

3 – O que fazer se tomar multa fora do país

Outra dúvida bem comum sobre dirigir fora do Brasil está relacionada a multas. Afinal de contas, pode acontecer, não é mesmo? Por isso, é importante ficar atento no que fazer, caso isso aconteça.
Existem alguns pontos. São eles:

  • O pagamento poderá ser feito no momento da infração;
  • Você terá a chance de pagar a infração na agência dos Correios mais próxima;
  • Utilizar o cartão de crédito para efetuar o pagamento;
  • Realizar uma transferência internacional para a empresa em que alugou o carro para você; dentre outras opções.

O que você achou das dúvidas comuns sobre dirigir fora do país? Ficou com mais alguma? Deixe aqui nos comentários para a gente responder.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *