Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

12 de julho de 2024

Deslizamento de terra bloqueia totalmente a Estrada da Graciosa, nos dois sentidos


Por Banda B Publicado 29/11/2022 às 07h57 Atualizado 16/03/2023 às 15h44
Ouvir: 00:00

O litoral do Paraná está praticamente ilhado. Após o fechamento da BR-277, a Estrada da Graciosa, a PR-410, também está interditada. No caso da rodovia estadual, o bloqueio é total. Houve um deslizamento de terra na estrada, entre Antonina e Morretes.

Foto: PRE/Colaboração.

A interdição na Estrada da Graciosa, segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), é total, ou seja, tanto para quem vem do litoral do Paraná para Curitiba, quanto para quem vai de Curitiba para o litoral. Ainda não há informações sobre a previsão da liberação, por isso o melhor é evitar. 

De acordo com o Simepar, choveu mais de 150 milímetros na Serra do Mar entre sábado e segunda-feira (28). Nas últimas 72h, o acumulado já ultrapassou os 200 milímetros em alguns pontos da região litorânea.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a BR-277 foi interditada no sentido ao litoral também por causa de quedas de barreiras. O sentido a Curitiba segue em apenas uma faixa.

Deslizamento na BR-376

O deslizamento no trecho da BR-376, entre o Paraná e Santa Catarina, aconteceu no início da noite de segunda-feira (28), por volta das 19h15, e afetou os dois sentidos da BR-376, na altura do km 669. A concessionária Arteris Litoral Sul, fez a interdição na praça de pedágio em Garuva.

Equipes da empresa, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Rodoviária Federal atuaram no local. Alguns veículos teriam sido jogados para fora da pista com o deslizamento e vítimas estariam presas às ferragens. Uma morte foi confirmada.

Por voltada das 20h50, equipes da concessionária e da PRF providenciavam pontos de retorno para retirar os veículos que estão na fila. A recomendação é de que os motoristas não sigam para o local

Publicado primeiro por

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *