Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

15 de julho de 2024

Dezesseis trechos de rodovias estaduais têm bloqueios no RS por conta das enchentes

Em alguns dos locais algumas pistas foram submersas


Por Clic Camaquã Publicado 07/09/2023 às 14h48
Ouvir: 00:00

As fortes chuvas que afetaram o Estado provocaram danos e alterações de tráfego nas rodovias gaúchas. Nesta quinta-feira (07), são 16 rodovias com bloqueios totais ou parciais.

Duas pontes foram destruídas pelas chuvas, uma na ERS-448, entre Farroupilha e Nova Roma do Sul, e a outra na ERS-431, em Bento Gonçalves, no limite com São Valentim do Sul. Além disso, pistas ficaram alagadas em todo o Estado em função do transbordamento dos rios.

As informações fornecidas pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) e da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) foram confirmadas com o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM).

A Secretaria de Logística e Transportes (Selt), por meio das equipes do Daer e da EGR, trabalha para desobstruir as rodovias o mais rápido possível e para os que os artigos de primeira necessidade possam chegar às cidades atingidas pelas chuvas. 

Boletins com a situação das rodovias no Estado serão publicados às 8h, às 14h e às 18h.

Rodovias sob responsabilidade do Daer

PONTES DERRUBADAS

  • ERS-448

Ponte derrubada no km 37, entre Farroupilha e Nova Roma do Sul, após transbordamento do rio das Antas.

  • ERS-431

Ponte cedeu sobre o rio Taquari, em Bento Gonçalves, no limite com São Valentim do Sul.

BLOQUEIOS TOTAIS

  • VRS-868

Bloqueio total da via em Taquari devido a erosão de um bueiro. Equipes da prefeitura, em parceria com o Daer, vão reconstituir o aterro para reestabelecer o tráfego assim que for possível.

  • ERS-132

Bloqueio total entre Vila Maria e Camargo (km 4,35). O trecho está com a pista danificada. Na noite de segunda-feira (4/9), aproximadamente 40 metros da pista foram levados pela água.

  • ERS-110

Bloqueio total entre Jaquirana e Bom Jesus (entre o km 78 e o km 79). Houve queda de barreira no local. Na quarta-feira (6/9), começou a limpeza das barreiras que cederam na rodovia. Se as condições climáticas estiverem favoráveis, o trabalho prosseguirá sem interrupções até que a passagem esteja livre, para que o trânsito seja retomado o mais breve possível.

  • ERS-030 (também há bloqueios parciais)

Bloqueio total entre Santo Antônio da Patrulha e Caraá (km 1,7). O arroio Carvalho transbordou e o desvio está alagado. A interdição ocorre até que o volume da água baixe.

Bloqueio parcial em Gravataí (km 7,7) e em Glorinha (km 14). Nesses locais, há água na pista, dificultando a passagem de veículos.

  • ERS-630

Bloqueio total na ponte do Passo do Pedroso, em São Gabriel (km 82). A passagem está interrompida devido ao alagamento do trecho.

  • ERS-431

Bloqueio total em Bento Gonçalves, na divisa com São Valentim do Sul (entre o km 10 e o km 23). A pista está alagada e a ponte sobre o rio Taquari cedeu. Não há desvio.

  • ERS-448

Bloqueio total entre Farroupilha e Nova Roma do Sul (km 37). No trecho, houve o transbordamento do rio das Antas e a ponte foi derrubada. Para se deslocar entre os dois municípios, é preciso seguir pela ERS-122, entrar em Antônio Prado e utilizar a ERS-437.

  • ERS-129

Bloqueio total entre Mariante e Bom Retiro do Sul (km 4 e km 10) e entre Bom Retiro do Sul e Estrela (km 13 e km 14). A pista está alagada nesses trechos devido ao transbordamento do rio Taquari. Não há desvio.

Bloqueio total entre Estrela e Colinas (km 50). A pista está alagada devido ao transbordamento do rio Taquari. O desvio pode ser realizado pelas rodovias municipais.

  • ERS-130

Bloqueio total entre General Câmara e Mariante (km 29 e km 31) e entre Mariante e Cruzeiro do Sul (km 48). A pista está alagada devido ao transbordamento do rio Taquari. Não há desvio.

  • VRS-851

Bloqueio total na ponte do Rio Carneiro entre Nova Bassano e Serafina Corrêa. A ponte que se encontrava submersa está danificada.

BLOQUEIOS PARCIAIS

  • ERS-434

Bloqueio parcial entre Ciríaco e a BRS-285 (km 3). O tráfego está em meia pista em razão de água na pista.

RODOVIAS LIBERADAS

  • VRS-824

Tráfego liberado no quilômetro 10, entre Fortaleza dos Valos e Quinze de Novembro. O trecho estava alagado próximo ao Distrito de Santa Clara do Ingaí.

  • ERS-569

O trânsito foi liberado na tarde de terça-feira (5/9) na ponte localizada em Barra Funda (km 28). A estrutura estava submersa desde segunda-feira (4/9). O local continuará sendo monitorado diariamente e, caso o nível do rio suba novamente, poderá ocorrer uma nova interdição.

  • RSC-377

A recuperação do aterro da ponte sobre o arroio Passo Novo, em Cruz Alta, (km 103,8) foi concluída. O trânsito está liberado no local.

  • ERS-324

O tráfego está liberado na ponte sobre o rio Jordão, entre Vila Maria e Casca (km 237,3) e entre Passo Fundo e Marau (km 207), na localidade de São Luiz da Mortandade. Também há passagem entre Casca e Paraí, onde havia água na pista.

  • ERS-332

O tráfego está liberado em Encantado (km 1 e km 3). A pista estava alagada devido ao transbordamento do rio Taquari.

  • ERS-463

O tráfego está liberado entre Coxilha e Tapejara (km 23), na ponte sobre o rio Carreteiro.

  • ERS-444

O tráfego está liberado em Santa Tereza (km 31), onde houve deslizamento de encosta na segunda-feira (4/9).

O Daer está monitorando a situação das rodovias para que o tráfego seja restabelecido o mais breve possível, dentro das condições de segurança necessárias para o trânsito dos usuários.

Rodovias sob responsabilidade da EGR

  • ERS-129

O tráfego está liberado nos quilômetros 67, 73 e 74, em Encantado, e no quilômetro 83, em Muçum.

  • ERS-130

O tráfego está liberado no km 85, em Arroio do Meio, e no km 93, em Encantado.
Em função dos estragos, a praça de pedágio de Encantado, situada no quilômetro 93 da ERS-130, não está funcionando. As equipes da EGR estão trabalhando para recompor a estrutura danificada.

Fonte: Ascom Selt, Ascom Daer e Ascom EGR

Publicado primeiro por

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *