Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

18 de julho de 2024

Família de motoboy morto na CIC está em choque e pede por mais segurança no local da tragédia


Por Banda B Publicado 02/05/2023 às 10h19
Ouvir: 00:00

A família do motoboy Lucas Hudson dos Santos, de 25 anos, que morreu em um acidente provocado por uma motorista bêbada, no último sábado (29), ainda não foi à delegacia. Victor de Andrade, irmão da vítima, disse em entrevista à Banda B, nesta terça-feira (2), que “todos estão em estado de choque”.

Família de motoboy morto na CIC está em choque e pede por mais segurança no local da tragédia
Lucas Hudson dos Santos tinha 25 anos.
Foto: Reprodução Facebook.

“Ainda não tive cabeça pra ir, não tive tempo na verdade, estou resolvendo muita coisa dele, mas vou essa semana fazer boletim de ocorrência”,

afirmou o rapaz.

No sábado, Lucas pilotava sua moto pela Rua Eduardo Sprada, na Cidade Industrial de Curitiba, quando foi atingido por um veículo Ford Ecosport, dirigido por uma mulher, que invadiu a pista contrária. Lucas morreu no local.

Victor lamenta que muitos motoristas saem dirigindo depois de beber. “Se você bebeu, não pode pensar em pegar um carro, porque a partir do momento que você bebe, você fica lento, fica perdido. E pode matar alguém, como ela fez. Pode deixar uma mãe solteira, amigos chorando.”

Prisão sem fiança

A motorista foi encaminhada à Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran), em Curitiba, na manhã desta segunda-feira (1º). De acordo com a Polícia Civil, à prisão da mulher não cabe fiança e ela deve responder por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar.

Local perigoso

Victor também comentou que o local onde aconteceu o acidente é muito perigoso e pediu por medidas que ajudem na segurança no trânsito. “Acho que naquele local teria que mudar um pouco, uma lombada, um radar, alguma coisa, porque, uma semana atrás, um moço que mora perto disse que teve um acidente do mesmo jeito”, disse.

Publicado primeiro por

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *