Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

20 de julho de 2024

Honda celebra 25 anos da Biz e apresenta a evolução no mercado brasileiro

Atualmente, já são mais de 6 milhões de motocicletas CUB produzidas em solo nacional


Por Clic Camaquã Publicado 14/09/2023 às 17h01
Ouvir: 00:00

A Honda Biz revolucionou o mercado e praticamente criou um segmento de motocicletas no Brasil: a CUB – Category Upper Basic, ou categoria básica superior. Atualmente, já são mais de 6 milhões de motocicletas CUB produzidas em solo nacional. Neste ano, a Honda celebra 25 anos da Biz.

Acompanhe a evolução da Honda Biz ao longo de 25 anos

Lançada no mercado brasileiro em 1998, a linha Biz representa o segundo modelo mais emplacado pela Honda, com mais de 100 mil unidades apenas neste ano, atrás apenas da CG 160, moto mais vendida de todos os tempos no Brasil.

A Biz é uma motocicleta que aproximou gerações de brasileiros do mundo das duas rodas por vantagens como economia, praticidade, design moderno e facilidade de pilotagem. Além dos aspectos técnicos, o modelo também permitiu que milhares de pessoas pudessem transformar e melhorar suas vidas por meio de uma mobilidade acessível.

“O modelo superou as expectativas quando lançamos, inclusive com uma campanha publicitária que marcou época. Hoje, muitas pessoas não identificam o que é uma CUB, elas conhecem a Biz e isso é resultado de um forte trabalho ao longo dos anos e da admiração aos clientes”, ressalta Marcelo Langrafe, diretor Comercial da Honda Motos.

Origens no Japão, em 1958

Honda Super Cub 1958 (Foto: Divulgação/Honda Motos)

A história desse modelo icônico começou em 1958, no Japão, com o lançamento da Honda Super Cub, que inaugurou a categoria e se tornou um sucesso de vendas no mundo todo, conquistando os mercados asiáticos, europeu e norte americano nas décadas de 1960 e 1970.

Nos EUA, novos perfis de público, como as mulheres e os jovens, se encantaram com a moto depois da icônica campanha publicitária “You Meet the Nicest People on a Honda” (você conhece as melhores pessoas em uma Honda).

A Super Cub ganhou uma fama popular de indestrutível, graças à sua durabilidade e extrema resistência do motor a quatro tempos, algo que era inovador à época e garantia alto desempenho e economia, além de contrastar com os motores a dois tempos, que eram o principal propulsor à época.

O modelo tinha um design único e sistema de embreagem automática centrífuga que tornou as trocas de marchas mais simples.

Honda C-100 Dream precede a Biz

Honda C-100 Dream precede a Biz

Os modelos CUB chegaram ao Brasil no início dos anos 90, com a Honda C-100 Dream, inicialmente importada. A motocicleta já estava no mercado internacional havia algumas décadas e demandava adaptações às necessidades, expectativas e características de uso dos brasileiros.

Por isso, a Honda decidiu desenvolver um modelo inovador, liderado pelo time local de Pesquisa e Desenvolvimento, que estabeleceu as diretrizes e conceitos do que viria a ser a representante nacional do segmento CUB.

Após anos de pesquisas e estudos, em 1998 a Honda lançou a C-100 Biz, única motocicleta da categoria a oferecer espaço sob o assento para guardar capacete ou outros objetos, sem perder a agilidade e baixo consumo de combustível.

O modelo foi considerado revolucionário e, da C-100 Dream, sua antecessora, herdou o motor e o câmbio, mas chegou com design diferenciado, com linhas e cores modernas.

Outra grande inovação do modelo foi a combinação de roda 17’’, com pneu fino na frente, e aro 14’’, com pneu mais largo e alto atrás, o que permite uma boa transposição de obstáculos pela roda dianteira e a resistência a impactos com a traseira, contribuindo para estabilidade e segurança nos diferentes tipos de terrenos das ruas e rodovias brasileiras.

Honda Biz 125 surge em 2005

Honda Biz 125 2006 (Foto: Divulgação/Honda Motos)

Em 2005, o modelo recebeu sua primeira grande atualização e ganhou uma motorização mais potente (124,9 cm3), passando a se chamar Honda Biz 125.

Quatro anos depois, foi o primeiro modelo de baixa cilindrada no Brasil a receber a moderna injeção eletrônica PGM-FI (Programmed Fuel Injection), tecnologia que reduz a emissão de gases poluentes e contribui com a eficiência do motor e economia de combustível.

Em 2011, a Biz ganhou uma versão flex e o aumento na capacidade do tanque. Em 2012, a Honda apresentou uma nova versão da motocicleta, a Biz 100, que se consagrou como uma opção de entrada mais acessível, com visual inspirado na “irmã” maior, de 125 cm3.

Esse mesmo modelo foi atualizado em 2016 e passou a ter um novo motor de 110 cilindradas dotado de injeção eletrônica, passando a se chamar Biz 110i.

A mais recente renovação do modelo foi em 2018, quando tanto a Biz 110i como a Biz 125, compartilharam mudanças no design, freios CBS, painel eletrônico, ampliação do espaço sob o assento, além de tomada 12V.

Linha Honda Biz 2022 (Foto: Divulgação/Honda Motos)

Fonte: Terra/Garagem 360

Publicado primeiro por

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *