Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

23 de fevereiro de 2024

Veja quais rodovias estaduais ainda estão bloqueadas devido ao volume de chuva


Por Agora No Vale Publicado 19/06/2023 às 16h32
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Quedas de barreira e pontes danificadas causam interdições em diferentes trechos; trânsito é desviado ou flui em meia pista

O Comando Rodoviário divulgou os dados atualizados, às 15h, sobre os bloqueios totais e parciais nas rodovias estaduais. Diversos trechos foram afetados por quedas de barreira e danos em pontes, exigindo intervenções para garantir a segurança dos usuários.

Confira a seguir as informações detalhadas:

Rodovias com bloqueios totais:

  1. ERS 422, km 47/Venâncio Aires, Vila Deodoro: Queda de barreira. O trecho está bloqueado totalmente, sendo necessário utilizar desvio pela localidade de Linha Cecília. O percurso alternativo abrange aproximadamente 27 km.
  2. ERS 494, km 07/Três Cachoeiras: Queda de ponte. A rodovia encontra-se bloqueada totalmente nesse ponto.
  3. Acesso 9060, km 07/Rodovia de acesso a Caraá em Santo Antônio da Patrulha: Queda de ponte. O acesso está interditado por completo.
  4. ERS 474, km 02/Santo Antônio da Patrulha: Queda de ponte. A rodovia está bloqueada totalmente nessa localização.
  5. VRS 873, km 02/Morro Reuter: Rodovia bloqueada para limpeza, sem previsão de liberação.

Rodovias com bloqueios parciais:

  1. ERS 020, km 20/Gravataí: O asfalto cedeu, resultando em um bloqueio parcial. No entanto, o trânsito está fluindo normalmente nesse trecho.
  2. ERS 452, km 16/Vale Real: Queda de barreira. A rodovia encontra-se com bloqueio parcial, sendo que o tráfego está liberado apenas em meia pista. Existe risco de novas quedas na área afetada.
  3. VRS 826, km 9,2/Alto Feliz: O trecho apresenta um bloqueio parcial, com o trânsito fluindo em meia pista.

Os usuários das rodovias afetadas devem ficar atentos aos bloqueios e seguir as orientações das autoridades de trânsito. A prioridade é garantir a segurança de todos os condutores, passageiros e equipes envolvidas nas operações de recuperação.

Mais informações sobre as condições das rodovias podem ser obtidas junto ao Comando Rodoviário. Recomenda-se planejar o deslocamento e utilizar rotas alternativas sempre que possível, a fim de minimizar possíveis transtornos causados pelos bloqueios.

Acompanhe as atualizações e orientações das autoridades competentes para uma viagem segura.

Regenerate response

Publicado primeiro por

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *