Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

04 de março de 2024

Feriado prolongado: ANIP dá dicas para garantir um passeio tranquilo e seguro 

A Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos - ANIP, trouxe algumas dicas para manter os pneus em boas condições e garantir a segurança de todos durante o feriado. 


Por Pauline Machado Publicado 06/09/2023 às 15h00
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Feriado prolongado chegando e com ele vem também o aumento de carros, ônibus, motos e caminhões nas rodovias. Por isso, antes de ligar os motores e pegar a estrada no feriado prolongado, é de suma importância receber estas dicas e verificar as condições dos principais itens do veículo, como pneus e componentes da suspensão.

Pensando nisso, a Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos – ANIP, trouxe algumas dicas para manter os pneus em boas condições e garantir a segurança de todos durante o feriado prolongado.  

Acompanhe as dicas para o feriado prolongado!

1ª- Rodízio dos pneus

Além de garantir a vida útil uniforme, o revezamento dos produtos dianteiros e traseiros proporciona melhor estabilidade, especialmente em curvas e frenagens.

É recomendado que o rodízio seja feito em todos os pneus seguindo as indicações do fabricante do veículo. Na ausência de orientações específicas, o ideal é efetuá-lo a cada 10 mil km para pneus radiais. O prazo pode variar de acordo com a condução do motorista ou o tipo de solo que costuma variar.

2ª – Derivados de petróleo e solventes

Não permita ou realize contato do pneu com derivados de petróleo ou solventes. Estes produtos atacam a borracha, fazendo com que ela perca suas propriedades físico-químicas e mecânicas, causando o desgaste precoce do pneu.

Para a limpeza de pneus e rodas não utilize soda, querosene, detergentes de uso doméstico e esponjas abrasivas. Opte por água e sabão neutro ou produtos específicos para essa finalidade.

3ª – Alinhamento

Andar com o veículo desalinhado pode causar diversos danos aos pneus, além de diminuir a durabilidade. Portanto, a partir de 10 mil quilômetros rodados é importante prestar atenção no alinhamento do carro.

Esse serviço também é recomendado após manutenções ou desgastes na suspensão e troca de pneus.

4ª – Direção defensiva

A maneira como o condutor guia o veículo influencia diretamente na durabilidade dos pneus.

Freadas bruscas e fortes mudanças de direção são algumas práticas que prejudicam a borracha e podem danificar severamente os produtos. Pratique sempre a direção defensiva e preserve a vida útil dos pneus e componentes de suspensão.

5ª – Evite a aquaplanagem

Nessa época do ano é comum enfrentar fortes chuvas em diversas estradas do país. Para evitar os riscos de aquaplanagem durante a viagem, verifique o estado de conservação dos pneus regularmente, através do indicador TWI, calibre-os semanalmente pela manhã e não abuse da velocidade. 

6ª – Estepe

Por fim, o condutor deve estar ciente de que imprevistos podem acontecer durante a viagem. Dessa forma, garanta que o estepe esteja em perfeitas condições de uso e calibrado corretamente.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *