Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

13 de julho de 2024

De olho em um carro asiático? Mecânicos dão dicas


Por Mariana Czerwonka Publicado 07/09/2014 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 23h05
Ouvir: 00:00
Carros asiáticosDivulgação

Veículos são mais indicados para quem está nos centros urbanos

Novo, usado, caro ou barato? Carro bom muitas vezes precisa contar com o fator sorte por parte do motorista. Veículos japoneses, chineses ou coreanos não ficam de fora desta teoria.

As marcas estrangeiras têm brigado por um lugar na preferência dos brasileiros e ao mesmo tempo em que as asiáticas costumam receber muitas críticas, tem muito motorista aprovando as novas fabricantes.

A Fundação Procon de São Paulo ainda não reuniu dados específicos envolvendo carros destes países, mas de janeiro a junho deste ano já atendeu 102 casos de pessoas que comunicaram problemas em veículos importados. Os danos mais frequentes e que atingiram 34 das queixas estavam relacionados a problemas na entrega do produto.

Na comparação das fabricantes asiáticas mais confiáveis para a compra de automóveis nos últimos 12 meses realizada pelo site ReclameAqui, a líder de reclamações é a Hyundai (2.340), seguida pela Nissan com 1.525 chamados, considerada ‘não recomendada’. A montadora com menos reclamações foi a Kia, que somou 406 queixas, mas que também foi apontada como ‘não recomendada’.

Fonte: Terra

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *