Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

19 de julho de 2024

Para que serve a avaliação psicológica na renovação da CNH?

Para especialista entrevistado pelo Portal, a avaliação psicológica na renovação da CNH representa um avanço para a segurança viária. Entenda!


Por Mariana Czerwonka Publicado 11/09/2023 às 08h15
Ouvir: 00:00

A avaliação psicológica obrigatória na renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é um tema que está sendo muito debatido ultimamente. Isso porque recentemente o Senado aprovou um projeto de lei que pretende tornar a avaliação psicológica obrigatória em todas as vezes que houver a renovação da habilitação. O PL tramita, agora, com regime de prioridade na Câmara dos Deputados. Mas, afinal, para que serve a avaliação psicológica na renovação da CNH?

De acordo com Eduardo Cadore, psicólogo e instrutor de trânsito que participou recentemente da Live Portal Convida, para dirigir com segurança é preciso que alguns aspectos estejam em perfeito funcionamento. “A ideia da avaliação psicológica na renovação da CNH não é retirar as pessoas do trânsito, mas verificar se essa pessoa não está precisando, naquele momento, de algum tipo de acompanhamento e se não está demonstrando algum elemento que comprometa a sua capacidade de gerenciamento das emoções”, explica.

O especialista cita ainda que a avaliação psicológica é uma ferramenta de cuidado.

“Se o condutor está bem, atende os requisitos e tem um rendimento dentro da média estará apto, mas vão aparecer pessoas que terão algum elemento de atenção. Nesse caso, a ideia não é simplesmente, como eu disse antes, retirar do trânsito, como se fosse um julgamento, mas direcionar o indivíduo para um acompanhamento”, diz Cadore.

Para o especialista, a avaliação psicológica na renovação da CNH representa um avanço para a segurança viária. “Às vezes, a pessoa não faz nem ideia do que está passando, de que está com algum problema. E aí, justamente, a psicologia vai poder direcionar e buscar meios para que o condutor possa melhorar naqueles fatores que surgiram durante a avaliação”, cita.

Ele diz ainda que, a princípio, o cidadão pode não concordar com o exame, mas ele se mostra necessário. “É preciso entender a importância desse exame para a própria saúde, para sua condição de condutor, pois a CNH é uma concessão do Estado. Justifica-se, ainda mais agora, com o aumento dos prazos da validade da CNH”, conclui.

Celso Mariano, especialista em trânsito e apresentador da Live, também concorda com os benefícios da medida. “É natural o cidadão pensar que ser submetido a uma avaliação dessas na próxima renovação pode significar ter um direito tolhido, mas eu convido essa pessoa a pensar se ela não prefere compartilhar o trânsito com pessoas que estejam emocionalmente bem, do que com aquelas que podem gerar situações extremamente graves. Esse aumento da segurança é um benefício inequívoco que pode vir desse ajuste na renovação da CNH”, aponta.

A importância da saúde mental

Cadore destaca também a importância que a saúde mental tem, não apenas no contexto do trânsito. “Nós ainda temos uma certa negligência com a saúde mental, eu diria preconceito mesmo. No entanto, temos que ter ciência de que estes aspectos são importantes. Precisamos, como sociedade, evoluir e perceber que uma depressão, por exemplo, pode ser tão grave, apesar de ser outra natureza, quanto um câncer”, argumenta.

Assista aqui a Live na íntegra:

Receba as mais lidas da semana por e-mail

9 comentários

  • Luiz Carlos De Oliveira
    11/09/2023 às 17:26

    Acredito eu que os psicólogos também deveriam passar por uma avaliação pois a maioria não nem educação para tratar as pessoas só visam o dinheiro e nada mais.

    • luci
      11/09/2023 às 18:30

      o psicologo faz analise didatica

      • Cristiane Pires Nogueira Santos
        17/09/2023 às 15:20

        Texto muito bem escrito e informativo, de utilidade pública. Sou favorável, assim como o cidadão que não tiver um serviço bem prestado, se dirija ao DETRAN e reclame, pois assim ajudará a selecionar profissionais mais competentes e educados.

    • SERGIO
      12/09/2023 às 09:55

      CONCORDO PLENAMENTE, ALEM DE TUDO VOLTAMOS A QUESTÃO DE QUERER ONERAR O CIDADÃO EM TUDO. O EX-PRESIDENTE TENTOU PASSAR OS EXAMES MÉDICOS E PSICOTÉCNICOS PARA O SUS OU QUALQUER MÉDICO E PSICOLOGO MAS O SISTEMA O IMPEDIU. FICA CLARO QUE A INTEÇÃO É SÓ GANHAR MAIS DINHEIRO. VEJA TAMBÉM OS CURSOS TEÓRICOS PARA PRIMEIRA HABILITAÇÃO, NA LEI É OBRIGATÓRIO PRESENCIAL MAS JÁ INVENTARAM O REMOTO QYE TEM SÓ VÍDEO DO YOU TUBE MAS EAD NÃO PODE KKKK MAS PARA RENOVAÇÃO OU RECICLAGEM PODE EAD, FICA CLARO QUE A INTENÇÃO É DINHEIRO NADA MAIS.SERGIO

  • GERSON DE ARAUJO ALMEIDA
    12/09/2023 às 09:54

    Fui fazer minha renovação da CNH, e o médico mandou eu ler letras, abaixo de uma faixa vermelha no cartaz, que duvido que nem ele conseguiria ler. Vou ter que fazer um óculos mais potente. Pena não poder usar um binóculo, só assim. Coisa que nunca vou poder ler no trânsito. Nem as placas das estradas e ruas são com letras tão miudas.

    • CLEVES CASSIANO DE OLIVEIRA
      12/09/2023 às 20:00

      E quem bebe e vai dirigir?tem como mudar isso é as drogas também mata!!!!sempre nesse Brasil nosso aparece alguém pra perturbar,,,tá difícil,,,

  • Iraci
    12/09/2023 às 14:05

    A verdade eh que tudo DÓI para esse povo reclamão, mas quando acontece algo grave a culpa eh de quem mesmo???

  • Ana Carolina
    17/09/2023 às 19:52

    Eu concordo plenamente com a avaliação psicológica para todos os processos de CNHs, também toxicológicos e tudo que posso tornar nosso trânsito mais seguro. Todos os anos temos muitas vítimas fatais que perdem suas vidas no trânsito. Acredito que o governo precisa de todas as estratégias possíveis para promover melhoraria a essa condição. Precisamos de pessoas concientes, responsáveis e com atitudes emocionais saudáveis ao estarem inseridas nesse contexto, caso contrário precisam direcionar cuidados a si mesmas antes. A vida é nosso
    Bem mais preciso.

    • Júlia Maria Alves Fernandes
      19/09/2023 às 01:08

      Concordo plenamente. Nenhuma avaliação é vitalícia. Nem médica nem psicologica

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *