Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de julho de 2024

CNH Digital: o que fazer se eu tiver o celular roubado?


Por Mariana Czerwonka Publicado 07/06/2022 às 11h15 Atualizado 08/11/2022 às 21h09
Ouvir: 00:00

O importante, em primeiro lugar, é manter a calma, pois o aplicativo CDT está protegido pela senha do usuário e na sequência excluir o documento do celular roubado ou furtado. Veja o passo a passo de como fazer isso.

CNH digital celular roubado35% dos brasileiros já tiveram o celular roubado ou furtado ao menos uma vez. Foto: Depositphotos

A CNH digital faz parte dos documentos digitais que estão dentro do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), desenvolvido pela Serpro, para a Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran). O documento, assim como o CRLV digital, pode ser baixado no smartphone. Apesar de representar uma praticidade, muitos cidadãos questionam sobre o que fazer com a CNH digital se o celular for roubado?

E essa não é uma situação incomum. De acordo com uma pesquisa realizada no ano passado pela consultoria em telecomunicações Mobile Time/Opinion Box, e divulgada pela CNN Brasil, 35% dos brasileiros já tiveram o celular roubado ou furtado ao menos uma vez.

Para auxiliar nessa questão da CNH digital em celular roubado, o Portal do Trânsito traz o passo a passo para excluir o documento do celular roubado.

Dados protegidos

De acordo com a Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), o procedimento é simples e não há motivo para preocupação, pois ninguém conseguirá ter acesso ao documento se não souber a senha do aplicativo.

“A Carteira Digital de Trânsito é protegida por uma chave de acesso e, além disso, os dados são criptografados”, explica o órgão.

Além disso, para maior segurança do usuário é possível remover o celular, através do Portal de Serviços da Senatran. “O cidadão consegue desconectar o dispositivo, forçando a remoção dos documentos digitais do dispositivo roubado”, afirma o órgão.

Passo a passo

01. O primeiro passo é acessar o Portal de Serviços do Denatran, através desse link, e realizar o login.

02. Após acessar o seu perfil, o usuário deve clicar em “Aplicativos”, conforme mostra a figura abaixo.

03. Depois, dentro de Aplicativos, selecionar Carteira Digital de Trânsito (CDT) – Instalações.

 

04. Feito isso, aparecerão listadas as instalações da Carteira Digital e o status correspondente. O cidadão deverá identificar o celular roubado e clicar em desconectar. (veja imagem abaixo)

CNH digital celular roubado

05. Desta forma, o aplicativo será desinstalado do dispositivo desconectado e o cidadão poderá baixar o app Carteira Digital de Trânsito em um novo celular.


Leia também:

É possível baixar a CNH digital em mais de um celular? 

Valor jurídico da CNH Digital

Os documentos digitais, tanto a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) quanto o CRLV, têm a mesma validade do físico.

Além disso, é possível acessar a versão digital dos documentos mesmo quando o proprietário está sem internet, pois o aplicativo gera um arquivo PDF com assinatura digital. Em outras palavras, isso garante a autenticidade do documento.

Novo modelo de CNH

O novo modelo de CNH entrou em vigor no início do mês, como você pode ver aqui. A troca pela nova CNH não será obrigatória. Nesse sentido, quem já possui a CNH emitida e válida, não precisa se preocupar.

De acordo com a Senatran, a mudança para o novo modelo ocorrerá quando acontecer a renovação da CNH ou no caso da primeira habilitação. E isso inclui o documento digital.

“A CNH digital funcionará da mesma forma. O modelo atual vai continuar até que haja necessidade de renovação, quando será gerado o novo modelo”, explicou o órgão.

 

 

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *