Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

20 de julho de 2024

Trânsito brasileiro é o quarto mais violento na América


Por Mariana Czerwonka Publicado 20/05/2016 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 22h37
Ouvir: 00:00
Trânsito brasileiroO trânsito brasileiro apresenta uma taxa de 23,4 mortes por 100 mil habitantes.

Dados divulgados ontem (19) pela Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que o Brasil é, atualmente, o quarto país com mais mortes no trânsito na América. Os primeiros lugares são ocupados por Venezuela, República Dominicana e Belize.

O trânsito brasileiro apresenta uma taxa de 23,4 mortes por 100 mil habitantes. A Venezuela, campeã nesse triste quadro, mostra uma taxa de 45, 1 mortes por 100 mil habitantes. A título de comparação, a Europa tem uma média de 10,3 mortes por 100 mil habitantes.

Segundo a OMS, nos países emergentes, as principais causas que determinam esses números são: leis e fiscalização ineficientes, falta de infraestrutura viária e aumento da frota de veículos. De acordo com o estudo, o trânsito é a oitava causa de morte no mundo e a primeiro na faixa etária entre 19 e 29 anos. “Existem diferenças nas normas e leis de segurança entre os países, o que contribui com a desigualdade no que se diz respeito à segurança viária”, explica Eliane Pietsak, pedagoga e especialista em trânsito.

Ainda de acordo com o estudo, estima-se que até 2030 o número de mortos nas estradas em todo o mundo pode chegar a 1 milhão por ano.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *