Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

04 de março de 2024

MS é o primeiro estado do Brasil a ter 100% dos municípios integrados ao SNT

Mato Grosso do Sul atingiu um marco histórico, integrando 100% dos municípios ao Sistema Nacional de Trânsito (SNT).


Por Assessoria de Imprensa Publicado 04/09/2023 às 18h00
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Este mês Mato Grosso do Sul atingiu um marco histórico, integrando 100% dos municípios ao Sistema Nacional de Trânsito (SNT). Com isso, a partir de agora as 79 prefeituras do estado tem integral responsabilidade pelo trânsito em suas cidades. A municipalização do trânsito está prevista no Código de Trânsito Brasileiro desde 1997.

Benefícios municipalização do trânsito

Entre os benefícios da integração estão a possibilidade de criação, no município integrado, da Junta Administrativa de Recursos de Infração (Jari). Ela permite que os condutores recorram das multas a eles aplicadas, implementação e melhorias da sinalização do trânsito e construção de ciclovias, que beneficiam a população diretamente, além de evitar acidentes.

Regina Maria Duarte, presidente do Conselho Estadual de Trânsito (Cetran), explica outro importante benefício com a integração ao Sistema Nacional de Trânsito. Conforme a presidente, é a possibilidade do município receber de volta de 30 a 40% dos valores arrecadados com multas. “Esse recurso é aplicado em aquisição de novas viaturas para a fiscalização do trânsito, construção de ciclovias e sinalização viária tanto horizontal como vertical”, garante.

Com a integração, todos os municípios de Mato Grosso do Sul passaram a ser responsáveis por infrações relativas ao excesso de velocidade, estacionamento indevido, desrespeito à sinalização e uso de celular ao volante, por exemplo. “De responsabilidade estadual ficam as multas que dizem respeito à documentação e regularização dos veículos”, explica a presidente do Cetran.

Focotran

Os assuntos relativos à integração ao Sistema Nacional de Trânsito, segurança viária, mobilidade urbana bem como legislação de trânsito em geral, estão na pauta do Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais de Trânsito, o Focotran. O evento reuniu em Campo Grande conselheiros de trânsito de todo o país.

O Focotran, Fórum Nacional dos Conselheiros de Trânsito, é a entidade de conglomera todos os Presidentes assim como Diretores dos Cetran’s (Conselhos Estaduais de Trânsito). Cabe ressaltar que o Cetran é o órgão máximo julgador e consultivo do trânsito de cada estado federado.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *