Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

PRF inicia Operação Semana Santa com foco no risco do uso de celular ao volante

Infrações por uso do aparelho telefônico cresceram entre 2022 e 2023; além de representar riscos aos usuários das rodovias, a prática é considerada infração gravíssima.


Por Assessoria de Imprensa Publicado 27/03/2024 às 15h00
 Tempo de leitura estimado: 00:00

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nesta quinta-feira (28) a Operação Semana Santa. Até o próximo domingo (31), a PRF vai reforçar a fiscalização nas rodovias federais das cinco regiões do país, com foco em manter a segurança viária, prevenção de acidentes e fiscalização de condutas irregulares por parte dos motoristas.

Entre as ações fiscalizadas pelos policiais está o uso de celular ao volante. A infração, cuja penalidade prevista no Código de Trânsito Brasileiro é gravíssima quando segurando ou manuseando o aparelho, aumentou entre 2022 e 2023. Somadas, as infrações relacionadas ao uso do aparelho telefônico na direção de veículos cresceram 9%. O índice passou de 42.594 flagrantes, em 2022, para 46.524 autuações, no ano passado.

image-2-1

O uso de telefone celular foi a principal causa de 128 sinistros, em 2023. Em relação ao ano anterior, houve aumento de 6% na estatística. Em 2022, foram registrados 121 sinistros provocados pelo uso do aparelho ao volante, nas rodovias federais.

De acordo com a PRF, a falta de reação, tardia ou ineficiente de motoristas – outras causas principais de sinistros – também podem ter influência do uso do aparelho pelos motoristas. Ou seja, ao manusear ou falar ao telefone, os condutores reduzem a atenção ao trânsito e podem provocar sinistros.

image-2-2
image-2-3

No período da Operação Semana Santa, a PRF também intensifica a fiscalização de outras condutas irregulares que podem representar riscos a quem passa pelas rodovias. Entre elas, estão, por exemplo, o excesso de velocidade, as ultrapassagens indevidas, o consumo de álcool antes de dirigir e a falta de itens obrigatórios de segurança, como o cinto e os dispositivos de retenção de crianças, conhecidos popularmente como cadeirinhas. Os policiais mantêm o combate à criminalidade, com apreensões de drogas, armas assim como demais materiais ilícitos.

Dicas para viajar em segurança:

  • Faça a revisão do veículo;
  • Confira as condições climáticas no trajeto;
  • Utilize e peça que todos os ocupantes do veículo utilizem o cinto de segurança;
  • Respeite as normas de trânsito e a sinalização nas rodovias;
  • Não beba antes de dirigir;
  • Não use o celular ao volante.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *