Notícias

Notícias

Limite de velocidade desrespeitado no Paraná 

Um milhão, trezentos e cinquenta e quatro mil e quinhentos e noventa e nove. Esse número representa o total de infrações de trânsito cometido no Paraná entre janeiro e outubro de 2009. O erro – ou atitude cometida propositadamente – mais comum em todo o Estado é transitar com velocidade superior à máxima permitida em até 20%, considerada uma infração de gravidade média. No entanto, entre as dez infrações com maior incidência no Paraná, duas são classificadas como gravíssimas e três como graves. O que deveria ser exceção ocorre diariamente nas estradas e ruas das cidades paranaenses.

Motoristas continuam minimizando as consequências que podem vir com a desobediência da legislação. Ou se esquecem que uma pessoa consegue sobreviver a um atropelamento se atingida até 55 km/h. Ou que aumentar em 20 km/h a velocidade do veículo em relação ao permitido aumenta os riscos de um acidente em até dez vezes. A maioria dos condutores comete infrações conscientemente. “Ninguém passa no sinal vermelho porque não sabia. Infração deveria ser exceção. Tudo isto passa por uma questão cultural. Não existe um respeito à lei. Os motoristas respeitam a fiscalização. Se houvesse uma fiscalização ainda mais rigorosa, teríamos mais infrações”, afirma Gustavo Fiori, coordenador de infrações do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR).

Saiba mais na reportagem de O Estado do Paraná.


Artigos Recomendados Para Você

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']