Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

03 de março de 2024

Aplicativo InDrive lança modalidade de moto 

Após Uber e 99, InDrive é mais um aplicativo de mobilidade a adotar a motocicleta como uma das opções para locomoção de milhares de pessoas


Por Accio Comunicação Publicado 04/02/2024 às 18h00
 Tempo de leitura estimado: 00:00

O aplicativo InDrive é um serviço de transporte que permite que o passageiro sugira o preço da viagem. Ou seja, o aplicativo sugere um valor justo, mas é o passageiro que escolhe quanto quer pagar. Por outro lado, o motorista pode tanto aceitar quanto recusar ou até mesmo enviar uma nova proposta de valor para o passageiro.  

Diferente dos aplicativos Uber e 99, no InDrive ambos podem negociar o melhor valor pela corrida. Além disso, os passageiros podem solicitar viagens urbanas e interurbanas, com data e horário marcado. Outra funcionalidade é a entrega de pacotes, com limites de 10 kg para motos e de 20 kg para carros. 

Motorista de táxi da motocicleta que toma a ordem através do aplicativo on-line do telefone móvel
Foto: Freepik

InDrive Moto 

O aplicativo InDrive acaba de lançar a nova categoria de viagem por motocicleta e já está presente em mais de 50 cidades do Brasil, principalmente nas regiões do Norte e Nordeste. Ou seja, abrangem aproximadamente 40% das 155 cidades em que a plataforma está presente no Brasil. 

Embora a modalidade já esteja presente nos aplicativos Uber e 99, agora o InDrive Moto se tornou mais uma alternativa ágil para quem busca se descolar rapidamente. 

Além disso, o serviço de transporte por moto segue a mesma proposta do transporte por carros. Tanto os passageiros quanto os motoristas podem negociar os valores da corrida. 

Contudo, a empresa afirma que deseja expandir o serviço para mais 13 cidades, entre elas estão:  

  • Franca, Santos, Presidente Prudente, São José do Rio Preto, e São José dos Campos (SP);
  • Apucarana (PR);
  • Divinópolis (MG);
  • Feira de Santana (BA);
  • Imperatriz (MA);
  • Itacoatiara (AM);
  • Itajaí (SC);
  • Palmas (TO);
  • Toledo (PR).

Gostou de saber dessa novidade? Compartilhe nos comentários a sua opinião! 

Veja também no Portal do Trânsito: 

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *