Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

19 de julho de 2024

ANTT e PRF unem forças para fortalecer a segurança viária

Instituições se reuniram para alinhar estratégias e trocar conhecimentos.


Por Assessoria de Imprensa Publicado 28/09/2023 às 18h00
Ouvir: 00:00
Segurança viária
O objetivo da ANTT e da PRF é debater questões cruciais relacionadas à segurança viária. Foto: Divulgação ANTT.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) se reuniram nesta semana, para debater sobre questões cruciais relacionadas à segurança viária e coordenar ações estratégicas visando resolver desafios comuns entre as duas instituições.

Entre os assuntos abordados, a ANTT, solicitou a reabertura de um posto da PRF, na BR-163, na fronteira entre os estados do Mato Grosso e Pará. Essa medida, que já estava em processo na PRF, com previsão da retomada dos serviços até o final deste ano. Espera-se que ela amplie a fiscalização e atenda às demandas da região que, atualmente, enfrenta um alto volume de tráfego de caminhões.

Segundo o diretor-geral, Rafael Vitale, é importante as instituições manterem o diálogo frequente, pois as competências de ambas são complementares.

“Estamos realizando o levantamento dos pontos críticos de acidentes em todo o Brasil e a partir de agora, precisamos trabalhar em conjunto, na resolução dos problemas, minimizando acidentes e salvando vidas”, explicou.

Vitale também ressaltou que a parceria entre os órgãos será de extrema importância no desafio que seguirá até o final do atual mandato, do Governo Federal. “Nossa meta é realizar 35 leilões, nos próximos três anos, sendo 3 ainda em 2023 e 10 previstos para 2024”.

Intercâmbio de informações

O diretor-geral da PRF, Fernando Oliveira, confirmou que o intercâmbio de informações e cooperação entre as instituições pode trazer diversos benefícios para a população. Como por exemplo, a prevenção de crimes como o transporte ilegal.

“Devemos atuar sempre juntos, focados na melhoria dos serviços prestados nas rodovias e na segurança dos usuários”, disse Oliveira, reafirmando seu compromisso de estar à disposição da Agência.

Os dois órgãos se comprometeram em colocar suas áreas estratégicas e de fiscalização em contato. Dessa forma, para trabalhar em conjunto na identificação de problemas e na implementação de soluções eficazes.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *