Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de junho de 2024

Condição emocional pode se tornar um perigo para o ato de dirigir. Veja!

Especialista diz que os transportadores que estão levando as doações ao Rio Grande do Sul merecem, também, toda a atenção nesse momento.


Por Mariana Czerwonka Publicado 17/05/2024 às 08h00
Ouvir: 00:00
Condição emocional ao dirigir
Além de todas as questões pontuais e os efeitos físicos que as enchentes provocaram, daqui para a frente outras condições irão aparecer que poderão afetar toda a sociedade. Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil

Estamos acompanhando, com muita tristeza e preocupação, a situação que os moradores do estado do Rio Grande do Sul estão vivendo. Além de todas as questões pontuais e os efeitos físicos que as enchentes provocaram, daqui para a frente outras condições irão aparecer que poderão afetar toda a sociedade. As consequências de toda essa catástrofe climática continuarão ainda por muito tempo. Uma delas já se reflete no trânsito: como conseguir dirigir com toda essa carga emocional, sem que isso coloque a segurança em risco?

De acordo com Celso Mariano, especialista e diretor do Portal do Trânsito & Mobilidade, os transportadores que estão levando as doações ao Rio Grande do Sul merecem toda a atenção nesse momento.

“Essa é uma condição especial que estamos vivendo, em que há preocupações por conta da nossa sensibilidade e da nossa empatia com o sofrimento dos brasileiros do Rio Grande do Sul. No entanto, é possível ter ainda um outro fator que pode se tornar perigoso, que é justamente a emoção. Existem casos de transportadores que estão indo para o estado preocupados, muitas vezes, com conhecidos ou parentes”, diz Mariano.

O especialista cita que em muitos casos, quem está dirigindo é alguém que emocionalmente tem alguma ligação direta ou muito importante com quem está precisando de socorro. “E é claro que esta preocupação adicional, essa condição emocional, pode se tornar um perigo para o ato de dirigir”, argumenta.

Dicas de segurança

Mariano reforça os cuidados especiais que devem ser levados em consideração. “A recomendação é a mesma para todo e qualquer transporte de cargas. Veículo em boas condições técnicas, carga acomodada adequadamente para não ser ela o motivo de um desbalanço e de uma preocupação adicional para o condutor. E, claro, condutor em condições físicas e emocionais. Seguindo esses preceitos, a viagem será mais tranquila, com mais segurança”, conclui.

Ouça o áudio completo do especialista sobre condição emocional ao dirigir:

Doações

O Portal do Trânsito se uniu aos parceiros Tecnodata Educacional, Creative Hut, Cervejaria Ovelha e Academia Carpe Diem e criou uma campanha para arrecadação de doações para os municípios mais afetados do Rio Grande do Sul. A primeira carga de doação seguiu rumo ao estado no início da semana.

As doações continuam, para saber como doar, clique aqui.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *