Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

14 de julho de 2024

Idosos recebem orientações sobre cuidados no trânsito

A atividade conscientiza pedestres e motoristas sobre prevenção e autocuidado no trânsito de forma lúdica.


Por Assessoria de Imprensa Publicado 30/10/2023 às 18h00
Ouvir: 00:00
Ação cuidados com idosos no trânsito
Ação Conversa Musicada com foco em cuidados no trânsito aos pedestres idosos, na esquina democrática no Centro de Porto Alegre. Foto: Jaqueline Moura/ EPTC/ PMPA

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) realizou, nesta semana, a ação Conversa Musicada, na Esquina Democrática, no Centro Histórico de Porto Alegre. A atividade conscientiza pedestres e motoristas sobre prevenção e autocuidado no trânsito de forma lúdica, principalmente o público acima de 60 anos.

“Trabalhamos com ações preventivas, principalmente com o perfil de 60+. Queremos conscientizar os idosos e seus familiares sobre os cuidados que devem ser tomados ao transitar nas ruas, sendo pedestre ou motoristas”, afirma o diretor-presidente da EPTC, Pedro Bisch Neto. 

Ação educativa

A atividade é uma ação educativa do programa Pedestre Idoso e aconteceu por meio da parceria com a Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapps). Além do Conversa Musicada, os idosos receberam orientações de trânsito da equipe da Escola Pública da EPTC e participaram de uma aula de dança de parceiros da associação. 

Em 2023, de janeiro a setembro, o balanço de acidentalidade de pessoas com mais de 60 anos registrou 16 vítimas. No ano anterior, foram oito. 

Estudo

Estudo realizado pelo Observatório Nacional de Segurança Viária, em parceria com a Divisão de Engenharia de Transportes e Mobilidade da Universidade Federal do Paraná (UFPR), analisou, recentemente, a relação entre o crescimento da população a partir de sessenta anos no Brasil e qual o impacto nos acidentes de trânsito. 

De acordo com o estudo, os idosos estão mais expostos. E consequentemente, são as maiores vítimas fatais como pedestres, representando 36% do total de atropelamentos registrados no país. Entre os idosos, os ciclistas representam 28% dos óbitos, seguido dos condutores de veículos (16%) e motociclistas (6%), conforme dados oriundos do sistema Datasus.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *