Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

25 de fevereiro de 2024

No Uber, o uso de máscaras se torna obrigatório


Por Mariana Czerwonka Publicado 06/05/2020 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 21h50
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Transporte por aplicativoFoto: Pixabay.com

Em cidades onde o uso de máscaras se tornou obrigatório em locais públicos, a utilização é indispensável quando estiver fazendo viagens com a Uber. Essa informação foi divulgada aos usuários pela própria empresa.

Ainda conforme a Uber, o motorista poderá cancelar a viagem caso o usuário não esteja usando uma máscara ou proteção facial. De acordo com a empresa, essa é uma medida para proteger tanto o cliente como os motoristas parceiros durante as viagens com a Uber.

Em várias cidades, como São Paulo, o uso da máscara passou a ser obrigatório em carros pedidos por aplicativos, além de ônibus e táxis. A medida foi estabelecida como forma de conter o avanço das infecções por covid-19 e se estende a motoristas, cobradores, trabalhadores de terminais e passageiros, conforme dispõe o Decreto n° 59.384.

Na cidade de Curitiba, a prefeitura também determinou como obrigatório o uso de máscaras em espaços públicos, comerciais e de uso coletivo, inclusive no transporte público, táxis e carros de aplicativo.

Essa informação não tem relação com a Fake News que circula nas redes sociais que afirma que a Guarda Municipal estaria multando condutores e passageiros que trafegam sem máscara dentro de veículos particulares. Essa informação é falsa.

Uso de máscaras

Organização Pan-Americana da Saúde, o Ministério da Saúde e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgaram orientações sobre o uso de máscaras de proteção, destacando que se deve ter cuidado também no momento de remoção e higienização do acessório.

Em nota, a Opas alerta, ainda, para o fato de que a utilização de máscaras tem uma desvantagem: pode dar uma falsa sensação de segurança, fazendo com que parte da população deixe de aderir a outras medidas preventivas ou relaxem as restrições, como é o caso do distanciamento físico ou mesmo do isolamento social.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *