Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de junho de 2024

Comissão vota relatório sobre MP que aumentou punição para bloqueio de estradas


Por Mariana Czerwonka Publicado 15/03/2016 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 22h39
Ouvir: 00:00
Bloqueio de estradaA MP eleva a multa para R$ 5.746 e estabelece que ela será dobrada em caso de reincidência no período de 12 meses.

A comissão mista de senadores e deputados que analisa a Medida Provisória 699/2015 se reúne às 14h30 de terça-feira (15) para votar o relatório sobre a MP. O relator é o senador Acir Gurgacz (PDT-RO). A medida aumentou a punição para quem utilizar veículos para bloquear vias públicas e foi uma reação do governo ao movimento dos caminhoneiros, que fecharam rodovias em diversos estados no último mês de novembro.

O Código de Trânsito (Lei 9.503/1997) prevê multa de R$ 1.915 e apreensão do veículo para quem comete a infração. A MP eleva a multa para R$ 5.746 e estabelece que ela será dobrada em caso de reincidência no período de 12 meses.

Os organizadores de manifestações com bloqueio poderão ser multados em R$ 19.154 (dez vezes o valor da multa para veículo). O motorista que bloquear vias com caminhões também poderá ter a habilitação suspensa por um ano, além de ficar proibido de receber crédito para aquisição de veículos por dez anos.

Ainda conforme a MP, os serviços de recolhimento, depósito e guarda de veículo poderão ser executados por ente público ou por particular contratado. Os custos são de responsabilidade do proprietário.

Após ser votada na comissão mista, a MP terá de ser apreciada pelos Plenários da Câmara e do Senado.

Com informações da Agência Senado

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *