Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de julho de 2024

Países que precisaram mudar os nomes dos carros

Confira a lista com 5 nomes de carros polêmicos e que precisaram ser rebatizados em outros países


Por Accio Comunicação Publicado 15/06/2023 às 13h30
Ouvir: 00:00

Uma marca possui diversos significados e isso inclui o nome do produto em si. Entretanto, no mercado automobilístico, alguns nomes de carros precisam passar por alterações.

Alguns casos acontecem em veículos importados para países da América Latina, como Brasil, México, Argentina. Além disso, também é possível encontrar exemplos em países europeus, como Portugal, por exemplo.

Picasso, Pajero, Chana, são alguns veículos com nomes constrangedores e que precisaram ser alterados em alguns países (por disputas legais ou até mesmo para evitar piadas).

O Portal do Trânsito listou 5 carros que possuem nomes polêmicos em alguns países. Confira!

Citroën Xsara, C4 e C3 Picasso 

Visão do carro C3 Picasso
Foto: Pixabay

A princípio, a marca Citroen tinha o objetivo de homenagear o pintor espanhol, Pablo Picasso. Porém, o Picasso durou somente até 2015, a partir do momento em que a homenagem foi desfeita e o veículo passou a ser vendido apenas com Aircross

Mitsubishi Pajero 

Imagem de visão traseira do carro Pajero
Foto: Unsplash+

O Mitsubishi Pajero é um dos veículos mais amados do Brasil, mas em países de língua espanhola, se chama Mitsubishi Montero.

Isso porque, em locais onde o idioma espanhol é primeira língua, a palavra “pajero” está relacionada a pessoas com o costume de praticar atividade sexual individualmente.

Chana

Antes mais nada, a Chana Motors foi a primeira montadora de automóveis da China a chegar no Brasil em 2006. Ao mesmo tempo, a marca ganhou fama com a linha de carros comerciais compactos no país.  

Em contrapartida, o nome gerou diversas brincadeiras e por conta disso, no final de 2011, o nome “Chana” foi alterado para Changan

Honda Fit  

Carro da marca Honda em via urbana
Foto: Unsplash+

Em países escandinavos, o Honda Fit precisou trocar o nome para evitar constrangimentos nas ruas do país. Isso porque o termo era semelhante a “Fitta”, que significa “genitália feminina” em sueco. 

Hyundai Kona

Visão do para-choque do carro Kona
Foto: Pixels

Por fim, o Hyundai Kona foi outro veículo que recentemente sofreu troca de nome. O fato aconteceu em Portugal porque o país possui a palavra “cona”. Apesar da palavra ser escrita com a letra “C”, possui a mesma sonoridade e lá “na terrinha”, é um termo para o “órgão sexual feminino”. 

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário para mais conteúdo como esse! 

Leia no Portal do Trânsito: 

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *