Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

Mototáxi, a grande preocupação!


Por Mariana Czerwonka Publicado 05/08/2009 às 03h00
Ouvir: 00:00

A regulamentação da profissão de mototáxi está causando muita polêmica em todo Brasil. Prefeituras como a de São Paulo, Juiz de Fora e Porto Alegre, por exemplo, já afirmaram que não irão permitir o serviço nestas cidades. Outras, só formalizarão e aperfeiçoarão o que já existe. Enfim, o que será o mais correto? Sabemos que transportar pessoas é um serviço de muita responsabilidade. Seja em ônibus, transporte escolar, táxi, enfim. É um serviço que exige preparo do motorista, condições boas do veículo, noções de relacionamento interpessoal, conhecimento das leis, etc. Sabemos também da fragilidade do veículo motocicleta e do motociclista. São os que mais se envolvem em acidentes, são as maiores vítimas e em caso de colisão, por exemplo, são sempre os que saem com mais danos. Será que é sensato fechar os olhos para todos esses fatores? Por qual motivo o serviço é essencial? Para que criar mais um meio de locomoção onde o individual se sobrepõe ao coletivo? Bom, lancei a discussão e coloquei minha opinião. Agora gostaria de saber a opinião de vocês, mesmo aqueles que são a favor do serviço, quero ouvir o lado de vocês. Participem e até a próxima semana!

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *