Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

22 de julho de 2024

Maio Amarelo 2022 busca a união de forças por um trânsito mais seguro


Por Mariana Czerwonka Publicado 07/05/2022 às 11h15 Atualizado 08/11/2022 às 21h11
Ouvir: 00:00

O Maio Amarelo 2022 tem como tema “Juntos Salvamos Vidas” e traz uma proposta de união para um trânsito mais seguro. 

Reunir a sociedade, as esferas governamentais (estaduais, municipais e federal), entes públicos e privados em torno de uma meta: um trânsito mais seguro. Essa é a proposta do tema do Maio Amarelo 2022, que segue o cronograma anual definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que é “Juntos Salvamos Vidas”.

Para Eliane Pietsak, pedagoga, especialista em trânsito e observadora certificada, o tema do Maio Amarelo 2022, procura levar a sociedade à reflexão sobre seu papel no trânsito.

“É um mês dedicado à conscientização e a discussão não só do trânsito, mas sobre a responsabilidade em fazer um trânsito mais seguro, menos violento”, explica.

Ainda conforme a especialista, a ideia é mostrar que se cada um fizer um pouco, a soma dos esforços poderá ser compensadora. ““Juntos salvamos vidas” traz a ideia de que, independente do que fazemos em nosso dia a dia como profissionais, como família, como estudantes, todos podemos salvar vidas no trânsito se fizermos o que é correto, seguindo as regras”, conclui Pietsak.

Ações federais

Órgãos federais como a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) já divulgaram que prepararam ações especiais de educação e fiscalização durante todo o mês de maio.

Além disso, a campanha Maio Amarelo 2022 tem o apoio institucional do Ministério da Infraestrutura, por meio da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran). O material da campanha está sendo divulgado nas redes sociais da Senatran alertando os motoristas para o uso do cinto de segurança, sugerindo aos caminhoneiros que façam paradas regulares e dirijam descansados e lembrando que os pedestres e ciclistas também têm direitos e deveres para tornar o trânsito cada vez mais seguro.

Ações estaduais

Nos estados, quem coordena as ações são os Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans).

No Paraná, por exemplo, o Maio Amarelo 2022 tem uma campanha pelas redes sociais do Detran e inúmeras ações presenciais. Pelas redes sociais a campanha tem como tema “Movimento Salve 7 Vidas – Por um trânsito com menos mortes por dia”. No estado, por dia, sete pessoas perdem a vida no trânsito. A campanha propõe que para salvá-las vale a pena redobrar os esforços, ou melhor, multiplicá-los por sete. Dessa forma, é possível transformar o dado negativo em um símbolo de vida. E, assim, criando um movimento que une o estado em torno da segurança e da consciência no trânsito.

Já no Pará, o Detran/PA realiza uma vasta programação ao longo do mês. Serão ações educativas à população da Região Metropolitana de Belém e do interior do estado. Nesse sentido, a campanha iniciou no dia 04, com abordagem educativa durante a entrega da Usina da Paz do Benguí. Nos próximos dias, cerca de 20 ações serão realizadas. Como por exemplo, palestras, lives, mesas de debate, rodas de conversa e interação lúdica destinada aos usuários dos serviços do Detran.

No Distrito Federal, o diretor de educação do Detran/DF, Marcelo Granja, ressaltou a importância do Maio Amarelo 2022 para maior interação, bem como integração dos órgãos executivos de trânsito do país, como forma de compartilhar experiências e conhecimento. Marcelo também reforçou o convite a toda a população para participar das ações do Maio Amarelo no DF. A programação está disponível no site do Detran/DF.

Para marcar a data de lançamento no Rio de Janeiro, o monumento ao Cristo Redentor foi iluminado na cor amarela.

De acordo com o presidente do Detran/RJ, Adolfo Konder, é fundamental que, com esse simbolismo do Cristo, a sociedade desperte para a necessidade de ter mais cuidado no trânsito.

Para informações sobre o Maio Amarelo 2022 na sua região, acesse o site do Detran do seu estado, clique aqui.

Participação da sociedade civil

Depois de dois anos de campanha online, por termos uma situação sanitária mais controlada e maior cobertura vacinal, é possível que a sociedade civil participe do movimento com ações presenciais. São exemplos: palestras, reuniões, passeios, blitze educativas, fóruns, workshops, seminários. Além de tantos outros modos de reunir pessoas para falar do que é considerada ainda pela Organização Mundial de Saúde (OMS), como uma epidemia: o elevado número de mortes por sinistros de trânsito.

Para quem não tem disponibilidade de encontros presenciais, é possível desenvolver outros tipos de ações, como:

  • Posts nas redes sociais com mensagens voltadas à segurança no trânsito e ao tema principal da campanha.
  • Compartilhamento e divulgação das ações desenvolvidas pelos órgãos do Sistema Nacional de Trânsito (SNT);
  • Enquetes em sites e redes sociais: promover perguntas que levem à reflexão e gerem interação, bem como comentários e compartilhamentos.
  • Combinar com amigos e seguidores uma data para todos vestirem amarelo e postarem fotos nas redes sociais. Além disso, é importante planejar uma #hashtag comum para a disseminação da ideia.

As peças publicitárias da campanha Maio Amarelo 2022 foram disponibilizadas para dar suporte aos cidadãos. Elas estão disponíveis em formatos diversos, como posts, bem como banners, faixas, cartazes, outdoors e busdoor. Qualquer empresa, entidade ou órgão público, por exemplo, poderá inserir sua logomarca nas peças e utilizá-las gratuitamente. Clique aqui para ter acesso ao material.

 

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *