Notícias

Instrutor e CFC

Especialista diz que não há chance de aprovação do PL que prevê o fim das autoescolas 

Especialista diz que não há chance de aprovação do PL que prevê o fim das autoescolas
Foto: Depositphotos

Dr. David Duarte Lima fez essa afirmação durante a última Live Portal Convida. Veja os detalhes.

Fim das autoescolas
Foto: Depositphotos

No ano passado começou a tramitar na Câmara dos Deputados um Projeto de Lei que pretende tornar facultativa a frequência em autoescolas, na obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O PL foi proposto pelo deputado Kim Kataguiri (DEM-SP).

À época, o assunto chamou muito a atenção, pois ao defender a aprovação da proposta em suas redes sociais, o deputado foi bastante enfático.

“O PL foi protocolado para acabar com a máfia das autoescolas”, informa a página de Kim Kataguiri que já foi coordenador nacional do MBL (Movimento Brasil Livre).

David Duarte Lima, doutor em Segurança de Trânsito pela Universidade Livre de Bruxelas (Bélgica) e mestre em Saúde Pública pela Universidade Católica de Louvain (Bélgica), disse em entrevista a Celso Mariano, na live Portal Convida da última sexta-feira, que seguramente o PL não será aprovado. “Eu digo sem medo de errar. É preciso, porém, que os Centros de Formação de Condutores (CFCs), os profissionais de trânsito façam alguma pressão também, para não deixar a proposta solta na Câmara”, afirma.

O especialista disse também que a defesa do PL, realizada pelo deputado, foi bastante infeliz. “Evidentemente em todas as categorias há maus profissionais, inclusive nessa. O que ele de certa forma alegou que há uma máfia, porque algumas vezes são descobertos esquemas com o Detran, não justifica”.

Dr. David ainda complementa e sugere ao deputado que visite uma autoescola.

“O deputado Kim deveria passar um dia no banco de trás de um veículo de autoescola com um instrutor que treina vários alunos por dia. Uns com determinadas dificuldades, outros com habilidades. Uns ainda que acham que já sabem dirigir. Ele devia passar um dia olhando como é a aula dos instrutores, que a propósito são muito mal remunerados. Todo o sistema é muito pressionado para ter preços baixos”, diz.

Didática

Outros pontos citados pelo especialista estão relacionados a infraestrutura de um CFC e de toda didática envolvida no processo. “Ensinar dentro de um veículo é complicado. O instrutor tem que orientar a visão do aluno, a atenção, onde estão os perigos eventualmente ocultos. Além, é claro, do mecanismo de operação do veículo”, esclarece.

Para Dr. David, o instrutor merece ser mais valorizado.

“O trabalho do instrutor é complexo, valiosíssimo e que salva vidas. O trabalho não só do instrutor, mas das autoescolas, de forma geral, é muito negligenciado pela nossa sociedade, especialmente pelos políticos”, alerta.

Exemplos de outros países

Muitos dos que defendem a aprovação de um processo “autodidata” comparam a situação com outros países, como os Estados Unidos. Sobre o assunto, o especialista esclarece alguns pontos. “Quando a gente vê esse tipo de PL e compara, por exemplo, como é na Bélgica, na Espanha, nos Estados Unidos, percebemos que estamos na contramão. Diferente do que muitos pensam, a Califórnia, por exemplo, está aperfeiçoando bastante o processo de formação e aprendizado continuado de condutores”, conta.

O especialista conclui reforçando sua tese.

“Não tem nenhuma chance de ser aprovada porque é um projeto que promove a irresponsabilidade”, finaliza.


Artigos Recomendados Para Você

6 Comentários

  1. Josenalia Santos

    Quando é para beneficiar a população. Não se aprova nada.

  2. Bernardo

    E uma porca vergonha, isto os que estão envolvido nas auto escola estão todos fazendo vista grossa pra não aprovar a Pl, ainda continua havendo o quebra para ser aprovado os alunos, todos são conivente com desde as autoescola, instrutor e principalmente os isamidadores . Todos estão mamando na reta e faz tempo!

  3. Angelica Romão

    Não precisa acabar com o fim da auto escola, oque tem que acabar e a gente ter que passar por examidores acho uma humilhação para a pessoa que reprova .quem deveria examinar e o próprio escritor.isso sim

  4. Edvanio José Gonçalves

    Já gastei quase dez mil reais pra adiquirir uma simples CNH de categoria (A) , já perdi as contas de quantas vezes fui reprovado na moto pista, já tem 30 anos que piloto moto,eu só queria andar legalizado, mais infelizmente não passa de uma máfia, auto escola, Detran, examinadores e assim por diante…

  5. elias

    O que teria que acabar é com as avaliações praticas e teoricas nos Detrans.
    Se uma pessoa decide fazer o ensino medio terá que estudar nas escolas, e quem queser tirar a CNH tem que ir para auto escolas, simples assim.

  6. LUIS ANDRE LEANDRO DOS SANTOS

    Toda mafia adora querer colocar na cabeça das pessoas que sem elas tudo ficaria pior. Balela esse projeto é ótimo para baratear a CNH. Mais de 80% dos custos é por causa dessa rede mafiosa de autoescolas. Você tem que comprar o material deles, tem que alugar o carro deles e ainda quando não passa tem que pagar por aulas extras. Esse setor fatura muito as custas da população e ainda tem o monopólio da atividade ou seja, dinheiro certo na conta deles.
    Parabéns ao deputado por essa iniciativa, essa mafia tem que acabar.

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *

Trocar a senha

Identifique-se para receber um e-mail com as instruções de nova senha.

[wp_user active='forgot']