Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de fevereiro de 2024

Resultado do Programa CNH Social no DF deve sair no início de agosto


Por Mariana Czerwonka Publicado 09/06/2022 às 16h30 Atualizado 08/11/2022 às 21h09
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Encerradas as inscrições, agora os órgãos participantes irão selecionar e classificar os inscritos no programa CNH Social DF dentro do número de vagas.

As inscrições para o Programa CNH Social no Distrito Federal terminaram na última segunda-feira, dia 6. De acordo com o edital do programa – a Instrução nº 179, de 18/3/2022 -, a partir de agora, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social do Distrito Federal (Sedes) e a Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus) terão o prazo de até 60 dias para proceder a seleção e classificação dos beneficiários de cada órgão, e inserir o resultado do programa CNH Social no sistema do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF).

Conforme o órgão, a expectativa é de que o resultado final seja disponibilizado já na primeira quinzena de agosto, exclusivamente, por consulta individualizada, no Portal de Serviços do Detran, que pode ser acessado por meio do link https://portal.detran.df.gov.br/.

Inscrições

De acordo com o Detran-DF, entre o período de 25 de abril até 6 de junho, 29.262 pessoas se inscreveram no programa. O CNH Social no DF irá disponibilizar cinco mil vagas a pessoas de baixa renda, inscritas no CADÚnico, para obtenção ou renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Além disso, é possível troca de permissão para dirigir pela CNH Definitiva e a adição ou alteração de categoria da habilitação.

De acordo com a Instrução nº 179/2022, após a convocação dos selecionados, o candidato terá 30 dias para agendar a biometria e abrir o processo no Registro Nacional de Condutores (Renach). Caso não cumpra esse prazo, perderá o direito ao benefício.

O agendamento para a coleta biométrica será via Portal de Serviços do Detran/DF para atendimento em uma das unidades do Departamento.

Para a abertura do Renach, o beneficiário precisa apresentar os seguintes documentos:

  • cadastro de Pessoa Física – CPF;
  • carteira de Identidade ou equivalente;
  • comprovante de endereço;
  • certificado ou declaração emitida por instituição credenciada pelo Ministério da Educação. Esta deve comprovar que o candidato está cursando ou concluiu os 3 anos do Ensino Médio em escola da rede pública de ensino. Ou, ainda, como bolsista integral em instituições privadas; e
  • comprovante de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio-ENEM.

Após a coleta biométrica bem como abertura do Renach, o candidato terá o prazo de 40 dias para realizar os exames médicos/psicológicos. Nesse sentido, se considerado apto, terá 30 dias para matricular-se no Centro de Formação de Condutores – CFC.

O beneficiário deverá consultar o site do Detran/DF (www.detran.df.gov.br), na opção Programa Habilitação Social, para escolher os prestadores de serviço de sua preferência, seja clínica médica ou CFC, dentre aqueles que aderiram ao Programa Habilitação Social.

 

 

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *