Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

19 de julho de 2024

Motoristas terão até dezembro para fazer exame toxicológico

Medida se aplica a condutores das categorias C, D e E.


Por Agência de Notícias Publicado 13/07/2023 às 13h30
Ouvir: 00:00
Exame toxicológico dezembro
O prazo foi definido pelo Contran. Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Com a volta da obrigatoriedade do exame toxicológico para motoristas das categorias C, D e E, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) definiu que os condutores terão até 28 dezembro para ficar em dia com a nova lei.

A exigência está prevista em lei desde 3 de setembro de 2017, mas foi suspensa por causa dos impactos da pandemia de covid-19. Em 13 de outubro de 2022, uma nova lei estabeleceu o novo prazo e no último dia 19 de junho, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a Lei 14.599, para vigorar em 1º de julho.

A mudança altera o artigo 148-A do Código Brasileiro de Trânsito. Ela estabelece a obrigatoriedade do exame toxicológico periódico para motoristas das categorias C, D e E, com idade inferior a 70 anos. Os condutores devem realizar o exame para emissão, renovação de Carteira Nacional de Habilitação, além de atualizações a cada dois anos e seis meses.

Dezembro: mês para regularizar o exame toxicológico

Os exames toxicológicos são realizados em laboratórios credenciados pela Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), a partir de amostras de cabelo, pelo ou unha, para verificação do consumo de substâncias psicoativas. Os resultados levam, no máximo, 90 dias para serem emitidos.

Atualmente, no site da Senatran, há 19 redes de laboratórios credenciados a fazer o exame toxicológico até dezembro.

Vale lembrar que o exame toxicológico é obrigatório na obtenção e renovação da CNH para condutores das categorias C, D e E. Isso acontece, independente se o motorista exerce atividade profissional ou não. Além disso, deve-se refazer o exame toxicológico a cada 2 anos e 6 meses independente da validade de outros exames.  

As informações são da Agência Brasil

Receba as mais lidas da semana por e-mail

4 comentários

  • Jean Charles
    14/07/2023 às 13:48

    Essa medida se aplica até mesmo aqueles que não exercem atividade remunerada?

    • Mariana Czerwonka
      20/07/2023 às 15:08

      Jean

      Sim, para todos os condutores de veículos que possuem a categoria C, D e E, independente se tem EAR na CNH.

      Equipe Portal

  • Cleverton
    20/10/2023 às 12:08

    Se estiver dirigindo veículos categoria A/B com exame toxicológico vencido não caracteriza infração de trânsito ok.

    • Mariana Czerwonka
      20/10/2023 às 14:46

      Cleverton

      Essa informação era verdadeira antes da entrada em vigor da Lei 14.599/23, agora condutores das categorias C, D e E podem ser multados mesmo dirigindo veículos da categoria A e B.

      Equipe Portal

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *