Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

25 de julho de 2024

Conheça as 5 melhores ciclovias do Brasil 

Ciclovias e ciclofaixas são projetadas para proporcionar mais segurança aos ciclistas, pedestres e motoristas. Confira as 5 melhores ciclovias do Brasil que você precisa conhecer (e pedalar).


Por Accio Comunicação Publicado 13/06/2023 às 13h30
Ouvir: 00:00

Antes de mais nada, as ciclovias e ciclofaixas são projetadas para proporcionar mais segurança aos ciclistas. Além disso, ao incluir ciclovias e ciclofaixas nas cidades é possível melhorar e muito a mobilidade urbana como um todo. 

Zoom de bicicleta  em ciclovia
Foto: Freepik

Ou seja, embora possa parecer contraintuitivo, projetos de ciclovias ou ciclofaixas bem executados promovem a segurança de pedestres e motoristas

Entretanto, fatores como um mal planejamento urbano e a falta de manutenção em vias públicas podem transformar um bom projeto de urbanismo e mobilidade nas piores ciclovias do mundo

Com isso em mente, a equipe do Portal do Trânsito listou as 5 melhores ciclovias do Brasil para você conhecer.  

Confira as 5 capitais do Brasil com as melhores ciclovias 

Homem de meia idade atravessa rua pedalando na ciclofaixa
Foto: Freepik

A princípio, estas são algumas das capitais do Brasil que direcionam mais investimentos para criar melhores infraestruturas em seus bairros:

  1. São Paulo 
  1. Rio de Janeiro 
  1. Curitiba 
  1. Belo Horizonte 
  1. Porto Alegre 

Dessa forma, tanto moradores quanto turistas podem se locomover com mais segurança e qualidade.

Leia também:

As 10 capitais com a melhor mobilidade ativa do país

Nesse sentido, a Associação Brasileira do Setor de Bicicletas realizou um estudo para levantar quais as capitais brasileiras que priorizam o ciclismo e a mobilidade ativa.

Com isso, confira o ranking das capitais do Brasil com mais ciclovias e ciclofaixas: 

1. São Paulo, SP  

2. Brasília, DF  

3. Rio de Janeiro, RJ 

4. Fortaleza, CE 

5. Salvador, BA 

6. Curitiba, PR 

7. Recife, PE 

8. Florianópolis, SC 

9. Belém, PA 

10. Rio Branco (AC) 

Jovem estudante pedala por ciclovia
Foto: Freepik

Do mesmo modo, vale ressaltar que a instalação de ciclovias adequadas contribui para a redução de acidentes no trânsito.

Além disso, cidades que promovem essa infraestrutura, estimulam a cultura de uma mobilidade urbana mais sustentável e a independência de veículos motorizados. 

Você sabia?

Vale ressaltar que, em 2015, a Comissão de Viação e Transportes aprovou o Projeto de Lei (PL) 2180/15. Ou seja, houve uma alteração no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) para punir motoristas e ciclistas que não respeitarem as regras para o uso correto de ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas.

Do mesmo modo, a PL considera como infração gravíssima (com pena de multa e retenção da bicicleta) deixar de transitar nas ciclovias ou ciclofaixas quando a via dispuser deste tipo de pista.

Além disso, o valor das multas pode ser vinculado ao número de Cadastro de Pessoa Física (CPF) e inscrito em Dívida Ativa (em decorrência de inadimplência).

Gostou do conteúdo? Conhece alguma ciclovia ou ciclofaixa que deveria estar nessa lista? Deixe sua opinião nos comentários! 

Leia também no Portal do Trânsito:

Receba as mais lidas da semana por e-mail

1 comentário

  • Regina Rocha
    13/06/2023 às 16:05

    São Paulo já esteve bem com a infraestrutura das ciclovias/ciclofaixas; não está mais. Por falta de manutenção, e erros de projeto/planejamento nas raras que vêm sendo feitas pela gestão atual, em muitas está difícil pedalar em segurança e conforto. Para sair do lugar comum dos rankings, é preciso verificar in loco, sair pedalando em vários bairros (principalmente fora do centro expandido) onde as faixas, ou estão apagadas, às vezes sob o “asfalto novo”, ou em péssimas condições; diria, abandonadas.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *