Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

24 de fevereiro de 2024

Dirigir à noite: veja cuidados para ter mais segurança

A noite é a ausência total de luz solar. Nesse período, a visibilidade depende, completamente, da luz emitida pelos faróis dos veículos assim como da iluminação artificial das vias.


Por Mariana Czerwonka Publicado 10/01/2024 às 08h15
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Dirigir a noite
Dirigir à noite requer cuidados especiais. Foto: welcomia para Depositphotos

Dirigir no período da noite requer atenção redobrada dos condutores de veículos. Os perigos estão relacionados à iluminação, cansaço, condições das rodovias e imprudência. Por, geralmente, ter um menor número de veículos circulando à noite, muitos condutores aproveitam para dirigir em alta velocidade. Algumas condições adversas, que seriam mais facilmente identificadas durante o dia, ficam escondidas nesse período, como buracos na estrada e até mesmo animais cruzando a pista. Por isso, dirigir em alta velocidade aumenta as chances de que o condutor não perceba ou veja muito em cima da hora esses perigos e acabe envolvido em um sinistro.

A noite é a ausência total de luz solar. Nesse período, a visibilidade depende, completamente, da luz emitida pelos faróis dos veículos assim como da iluminação artificial das vias. Com a visibilidade limitada ao alcance dos faróis, à potência das lâmpadas e à largura do facho, são necessários alguns cuidados para se conduzir com segurança.

É preciso também que o motorista use corretamente a regulagem dos faróis baixos, pois existem condutores que podem ser ofuscados por um curto período de tempo quando encaram uma luz alta nos olhos, aumentando a chance de um sinistro. O farol alto só deve ser usado quando realmente necessário, para não prejudicar os outros.

Cansaço

Outro ponto de extrema importância é o cansaço. Ou seja, no período da noite a probabilidade de que o condutor durma ao volante é muito mais alta. Por isso, deve-se programar as viagens à noite para que o condutor tenha momentos de descanso. Se estiver dirigindo e se sentir cansado, pare e descanse! Você pode dormir sem nem ao menos perceber e colocar a sua vida bem como a dos demais usuários das vias em risco.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *