Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

19 de julho de 2024

Dirigir no calor: veja dicas para manter a segurança nessa condição

A temperatura no interior do carro é muito importante e influencia no ato de dirigir. Leia a reportagem!


Por Mariana Czerwonka Publicado 14/11/2023 às 08h15
Ouvir: 00:00
Dirigir no calor
O maior aliado para dirigir no calor é o ar-condicionado. Foto: burdun para Depositphotos

A nova onda de calor que se espalha sobre o Brasil fez o calor aumentar muito nesta semana em grande parte do país. De acordo com o Climatempo, algumas capitais estabeleceram novos recordes de calor para 2023, como já era esperado. Os novos recordes foram registrados em Vitória, Curitiba e no Rio de Janeiro. Dirigir nessas condições requer alguns cuidados e por esse motivo o Portal do Trânsito separou algumas dicas para orientar os condutores.

Uma das primeiras dicas para uma maior segurança no trânsito é evitar dirigir em horários de maior calor, ou seja, com maior incidência de sol, e manter-se hidratado. O calor em excesso pode baixar a pressão arterial e provocar sonolência e até desmaio.

Mais uma situação, quando há calor excessivo, é possível que as condições de mau tempo se agravem a ponto de impedir o deslocamento seguro. As principais são: chuva e granizo. Essa situação repentina pode representar menor capacidade visual do condutor, e também, pode modificar padrões de condução e comportamento dos veículos, como a aderência dos pneus e a estabilidade.

Outra dica para dirigir no calor excessivo é utilizar roupas leves, ou seja, de tecidos mais confortáveis, frescos e claros.

Temperatura no carro

A temperatura no interior do carro também é importante e influencia no ato de dirigir. Apesar de poucos condutores terem conhecimento, dirigir com calor excessivo não é uma experiência agradável e pode causar desconforto para o condutor. Essa condição adversa pode afetar o ato de dirigir e desencadear sintomas de fadiga, o que pode contribuir para momentos de distração e “desligamentos” do condutor.

Especialistas no assunto recomendam que a temperatura no interior do veículo fique entre 22° e 24°.

O maior aliado para manter a temperatura ideal no carro é o ar-condicionado, que antes era um item de luxo e atualmente é um elemento fundamental nos veículos.

Como obter a temperatura correta

Para conseguir chegar nessa temperatura, o Portal do Trânsito dá algumas dicas. Por exemplo, deve-se cuidar do ar-condicionado como um equipamento de segurança. Precisa de uma manutenção regular adequada para estar sempre em bom estado e não prejudicar a saúde do usuário.

Lembre-se de desligar o ar quando o carro estiver com uma temperatura adequada, mas em viagens longas, é preciso ativá-lo por curtos períodos de tempo para manter a temperatura ideal.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *