Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

04 de março de 2024

Qual tempo limite para se fazer uma revisão no veículo? 

Saiba por que é importante manter a revisão em dia e quais as principais verificações periódicas necessárias em um veículo


Por Accio Comunicação Publicado 23/01/2024 às 13h30 Atualizado 25/01/2024 às 10h46
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Brasília (DF) 18/09/2023 – Semana Nacional do Trânsito começa nesta segunda-feira, com o tema No trânsito, escolha a vida, o objetivo da Semana é promover a reflexão sobre a forma como nos deslocamos nas cidades e os problemas que o uso excessivo
Foto: Joédson Alves/Agência Brasil

Você já fez a revisão de seu veículo? Como ainda estamos em época de férias, algumas pessoas acabam esquecendo de fazer a revisão veicular. Porém, justamente por esse período comumente envolver viagens e passeios, fazer essa verificação periódica é ainda mais importante. De fato, um veículo está exposto a condições climáticas e de rodovias.

Além de tudo isso, há o desgaste natural das peças com o passar do tempo e do uso. Mesmo o veículo não tendo muito uso, é preciso realizar também a revisão. O óleo de motor, por exemplo, possui um prazo de validade.

Na dúvida, consulte o manual do proprietário onde é possível verificar as previsões das revisões obrigatórias. Vale ressaltar que há uma multa no valor de R$195,23 se os equipamentos obrigatórios estiverem ausentes ou com mau funcionamento.

Existe diferença de revisão para veículo novo e seminovo?

A resposta é sim. No caso do veículo novo, as concessionárias são responsáveis por fazer as primeiras revisões. Para veículos seminovos, o proprietário deve verificar as informações da última revisão realizada. Por exemplo, certificar-se sobre quais itens foram revisados, quando foi a última verificação, se houve alguma troca de peça, etc. Com isso, o proprietário não terá nenhuma surpresa ao adquirir um automóvel seminovo.

É importante destacar também que o cuidado diário (como calibragem de pneus e troca de fluidos, por exemplo) não substitui a revisão veicular.

Afinal, quais itens serão revisados no meu veículo?

Brasília (DF), 14/06/2023 – Veículos elétricos e híbridos expostos no evento “Anfavea: Conduzindo o Futuro da Eletrificação no Brasil”. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Geralmente, a revisão veicular deve ser feita a cada 6 meses ou 10 mil quilômetros rodados. No manual do proprietário é possível verificar qual a melhor indicação para realizar esse trabalho. Por outro lado, veículos que apresentem um uso excessivo, como taxis, por exemplo, precisam encurtar o tempo para revisão, visto que haverá um maior desgaste das peças e do sistema em geral.

Por fim, confira quais os itens comumente revisados:

  • Motor
  • Embreagem
  • Freios
  • Câmbio
  • Suspensão
  • Sistema elétrico
  • Sistema de direção
  • Bateria
  • Pneus
  • Filtros de ar e de combustível
  • Sistema de ar-condicionado
  • Iluminação

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *