Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

04 de março de 2024

Empresa dá dicas sobre como se proteger dos principais golpes em compras de carro pela internet

Veja informações importantes para não cair em golpes nas compras de carro pela internet.


Por Pauline Machado Publicado 04/07/2023 às 15h00
 Tempo de leitura estimado: 00:00

O mercado de carros seminovos e usados está aquecido. Somente no primeiro trimestre deste ano, mais de 2,4 milhões foram vendidos, o que representa uma alta de 31,28% nesse setor, segundo dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores – Fenabrave. Um dos fatores para a alta das vendas é a possibilidade de comprar um automóvel pela internet. No entanto, apesar de ser uma boa opção, é preciso estar atento aos possíveis golpes.

Pensando em orientar os cidadãos para evitar prejuízos, a Zapay, fintech de tecnologia de pagamento de débitos veiculares, trouxe algumas informações importantes para que você não seja mais uma vítima dos golpistas.

Veja as dicas para não cair em golpes de compras de carro:

1 – Clonagem de anúncios

O golpista copia as fotos e informações de um carro que já está sendo anunciado por uma pessoa ou loja e cria um novo anúncio na internet com um preço muito abaixo do mercado. Quando o interessado entra em contato, ele inventa uma desculpa para não mostrar o carro pessoalmente e pede um depósito antecipado para reservar o veículo.

2 – Pedido de sinal

O golpista publica uma oferta vantajosa e quando aparece alguém interessado em ver o carro, pede que ele deposite um sinal, alegando que há vários outros compradores. Depois do depósito, ele some e o consumidor perde o dinheiro.

3 – Golpe do funcionário da montadora

O golpista se passa por um funcionário de uma montadora e diz que tem acesso a carros novos ou seminovos com descontos especiais. Ele pede um depósito antecipado para garantir a compra e depois desaparece.

4 – Contemplado no consórcio

O golpista diz que foi contemplado em um consórcio e que está vendendo a carta de crédito por um valor menor do que o do mercado. Ele solicita um depósito antecipado para transferir a carta e depois some.

5 – Carros maquiados

O golpista vende um carro com problemas mecânicos ou documentais, mas esconde os defeitos ou as pendências. Ele pode usar truques como pintura nova, peças falsificadas ou documentos adulterados.

Como se proteger?

1 – Desconfie de ofertas muito vantajosas

Fique atento se o preço do carro estiver muito abaixo do valor de mercado, pois pode ser um sinal de fraude. Pesquise a tabela Fipe e compare com outros anúncios similares.

2 – Não faça pagamentos antecipados

Nunca deposite dinheiro na conta do vendedor antes de ver o carro pessoalmente e conferir todos os documentos. Prefira sempre pagar na hora da entrega ou por meio de serviços seguros de intermediação financeira.

3 – Verifique a procedência do carro

Antes de comprar, por exemplo, é recomendado fazer uma vistoria no carro para checar as condições mecânicas e estruturais. Verifique também se há multas, impostos ou financiamentos pendentes. Peça a nota fiscal, o manual, a chave reserva e o comprovante de revisões.

4 – Conheça o vendedor

Pesquise informações sobre o vendedor, como nome, telefone, endereço bem como redes sociais. Se possível, visite a loja ou a residência dele. Desconfie se ele mudar de número ou de conta bancária durante a negociação.

Agora que você já sabe quais são os golpes mais comuns aplicados no mercado de carros seminovos, fique atento a qualquer sinal de fraude durante a transação. Ou seja, se desconfiar, não hesite em pedir ajuda policial.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *