Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de junho de 2024

Saiba como é feita uma blindagem em um automóvel  

Quais são os tipos de blindagem que existem e quem são os maiores usuários? Confira isso e outros detalhes neste conteúdo especial


Por Accio Comunicação Publicado 03/06/2024 às 11h30
Ouvir: 00:00
2149241756 (1)
Foto: Freepik.

Largamente utilizado em veículos de autoridades políticas, o procedimento de blindagem acrescenta um nível a mais de segurança em qualquer automóvel. Entretanto, antes de decidir blindar seu carro, vale entender bem como funciona a blindagem de um veículo

Quem adere a blindagem possivelmente já passou por algum tipo de ameaça. Afinal, esse recurso pode ser vital em situações de perigo, uma vez que também oferece uma maior defesa em casos de acidentes de trânsito ou situações de assalto em vias, estradas e rodovias. 

Qualquer carro pode ser blindado? 

Sim, a legislação de trânsito brasileira permite blindagem de qualquer carro. Para isso, o proprietário deve realizar uma solicitação junto ao Exército Brasileiro, por meio de um certificado de registro.  

Esse documento pode ser emitido por pessoas físicas ou jurídicas. Após emitido, permanecerá válido por 3 anos. Confira abaixo o que diz o art. 1 da portaria 55/2017 – Colog:  

Art. 1º Para o exercício das atividades a seguir discriminadas, as pessoas físicas ou jurídicas devem ser registradas no Exército: 

I -fabricação, importação, exportação e comércio de blindagens balísticas; 

II – importação, exportação, comércio e locação de veículos blindados; 

III – prestação de serviço de blindagem em veículos automotores, embarcações, aeronaves ou em estruturas arquitetônicas; 

IV – utilização de veículos blindados. 

Na sequência, após a emissão desse certificado, o proprietário deve procurar uma empresa especialista na área, que possua licença do Comando Logístico do Exército (Celog).  

Quais são os tipos de blindagem?  

Homem suspeito e mascarado olha pelo vidro do carro
Além da proteção contra assaltos, a blindagem também reforça a segurança contra acidentes. Foto: Envato.

Existem dois tipos de blindagem: opaca e transparente. A opaca reforça toda a estrutura do veículo. Já a blindagem transparente protege apenas os vidros do veículo.  

Entre os materiais mais comumente utilizados em uma blindagem estão: 

  • Mantas de aramida; 
  • Aço balístico; 
  • E, por fim, vidros de policarbonato. 

Em resumo, após iniciar o processo para blindar seu carro, o período entre requerer a documentação necessária e a prestação do serviço em si podem levar de 30 a 45 dias. O valor médio de uma blindagem é de R$ 55 mil.  

Vale ressaltar que a blindagem pode aumentar significativamente o peso total de um veículo. Por isso, dependendo do modelo do automóvel, algumas outras modificações estruturais podem ser necessárias, como a troca de amortecedores, por exemplo.  

E você, já fez algum tipo de blindagem no seu automóvel? Conte para nós!  

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *