Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

25 de fevereiro de 2024

Você sabe por que existem os quebra-molas? 

A principal função das lombadas é reduzir a velocidade de veículos em ruas e rodovias. Mas afinal, quem as inventou? Confira! 


Por Accio Comunicação Publicado 07/12/2023 às 13h30
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Aqui no Brasil, os quebra-molas, (popularmente conhecidos também como lombadas), são regulamentados pela Resolução n.º 973/2022 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Além disso, há lombadas instaladas pelo mundo inteiro e o principal objetivo desse recurso é reduzir a velocidade dos veículos nas ruas e rodovias

Entretanto, a instalação de lombadas é exclusiva às autoridades de trânsito, sendo proibido e ilegal colocar lombadas em vias, sem autorização. 

Qual a origem dos quebra-molas? 

De acordo com historiadores, a origem do quebra-molas acontece nos Estados Unidos (EUA).  

lombada_curitiba
Lombada instalada em Curitiba, no Paraná. Foto: Ricardo Marajó/SMCS

O quebra-molas só começou a aparecer pelas ruas e rodovias brasileiras por volta de 1980. De acordo com registros oficiais, a instalação da primeira lombada do Brasil aconteceu em Curitiba (PR)! 

Além disso, a primeira lombada eletrônica do Brasil também foi instalada em Curitiba em 20 de agosto de 1992. 

O que são lombadas eletrônicas? 

Foto interior de carro moderno com motorista mão no volante e noventa km no velocímetro. conceito de condução segura.
Foto: Freepik.

As lombadas eletrônicas visam reduzir a velocidade do tráfego em determinados trechos da estrada. 

Elas operam de forma similar a dos radares. Ou seja, as lombadas eletrônicas medem a velocidade do veículo por meio de um campo magnético emitido entre os laços do pavimento, que contêm os transmissores e receptores da lombada. 

Sabia desses fatos sobre as lombadas? E como você chama os quebra-molas na sua região? Compartilha aqui com a gente! 

Leia também no Portal do Trânsito:

Receba as mais lidas da semana por e-mail

1 comentário

  • Vladimir Colli
    07/12/2023 às 16:02

    Me lembro que em Goiãnia existia as ‘tartarugas’ já em 1970.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *