Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

24 de julho de 2024

Cinco fatores a serem considerados sobre mobilidade sustentável

A mobilidade sustentável tem o objetivo de criar consciência sobre a importância de repensar nossos hábitos de deslocamento nas cidades.


Por Pauline Machado Publicado 05/10/2023 às 15h00
Ouvir: 00:00
Mobilidade sustentável
Setembro foi um mês dedicado é um período dedicado a promover a mobilidade sustentável. Foto: DragonImages para Depositphotos

No último mês de setembro, além da Semana Nacional de Trânsito celebramos, no Brasil, a Semana da Mobilidade.

De acordo com a especialista em trânsito e mobilidade urbana, Mércia Gomes, esta é uma semana que deve ir muito mais além: é um período dedicado a promover a mobilidade sustentável, segura e eficiente, com o objetivo de criar consciência sobre a importância de repensar nossos hábitos de deslocamento nas cidades.

“A Semana da Mobilidade é muito mais do que apenas lembrar a necessidade de seguir regras de trânsito. É uma oportunidade para explorar alternativas de transporte que não apenas reduzam os congestionamentos e acidentes, mas também minimizem o impacto ambiental e melhorem a qualidade de vida nas áreas urbanas”, enfatiza.

Mércia destaca ainda que a denominação alternativa Semana da Mobilidade é uma escolha deliberada, pois abrange uma variedade de modos de transporte, não se limitando apenas ao trânsito rodoviário. “Durante esta semana, as cidades em todo o mundo organizam uma série de eventos, workshops e campanhas educativas para sensibilizar os cidadãos sobre diferentes formas de se locomover. A ênfase é colocada em métodos de transporte sustentável, como caminhar, pedalar, usar o transporte público, carona solidária e até mesmo veículos elétricos”, ilustra.

Ela acrescenta, ainda, alguns aspectos-chave a serem considerados sobre mobilidade sustentável:

1. Redução de emissões de carbono: A mobilidade sustentável desempenha um papel crítico na redução das emissões de carbono e na luta contra as mudanças climáticas. Promover formas de transporte que emitam menos poluentes é uma prioridade para muitas cidades comprometidas com metas ambientais ambiciosas.

2. Segurança no Trânsito: A Semana da Mobilidade também se concentra na segurança viária, com a conscientização sobre as regras de trânsito, o uso de equipamentos de proteção e a importância de dirigir de forma responsável.

3. Melhoria da Qualidade do Ar: A redução do número de veículos nas ruas contribui para a melhoria da qualidade do ar nas cidades. Dessa forma, reduzindo problemas de saúde relacionados à poluição atmosférica.

4. Incentivo ao Transporte Público: Destaca a importância de investir em sistemas de transporte público eficientes e acessíveis, tornando-o uma opção atraente para os cidadãos.

5. Planejamento Urbano Sustentável: Uma mobilidade sustentável está intimamente ligada ao planejamento urbano. Ou seja, cidades que incentivam o uso de bicicletas, pedestres e transporte público frequentemente adotam medidas de planejamento urbano que facilitam essas opções.

Outras ações

Para finalizar, a especialista em trânsito e mobilidade urbana, destaca que durante o mês de conscientização, muitas cidades também implementam medidas práticas. Como, por exemplo, a criação de faixas exclusivas para bicicletas, fechamento de ruas para carros, ampliação de calçadas e eventos públicos que promovem a mobilidade sustentável.

“Portanto, o Mês da Mobilidade representa uma oportunidade valiosa para repensar como nos movemos nas cidades, incentivando a adoção de alternativas mais sustentáveis e seguras. À medida que enfrentamos desafios ambientais e de trânsito, a Semana da Mobilidade desempenha um papel fundamental na construção de um futuro mais equitativo, saudável e sustentável para todos”, considera e finaliza Mércia Gomes.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *