Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

24 de julho de 2024

Governo inclui caminhões e ônibus no pacote para compra de veículos

O objetivo é retirar de circulação caminhões mais velhos e incentivar a compra de novos, com a regulamentação do programa Renovar.


Por Pauline Machado Publicado 09/06/2023 às 13h30
Ouvir: 00:00
Compra caminhões
O objetivo é retirar de circulação caminhões mais velhos. Foto: Pixabay.com

Na última segunda-feira, 5, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, anunciou o aumento do escopo de um pacote de incentivos que, até então, era exclusivo para carros até R$ 120 mil, agora incluindo, também, ônibus e caminhões no programa incentivos para compra de caminhões e ônibus.

“Repaginamos o programa. Ficou mais voltado para transporte coletivo e transporte de cargas”, disse Haddad.

Dentre as alterações no programa inicial está a substituição da isenção fiscal por um bônus ao consumidor, que no caso dos automóveis, este bônus pode variar de R$ 2 mil a R$ 8 mil, e deR$ 33 mil a R$ 99 mil no caso dos veículos pesados.

Quem pode receber o benefício

Estima-se que no Brasil haja 3,5 milhões de caminhões em circulação, sendo 26% desse total com mais de 30 anos de fabricação.

Portanto, para os veículos pesados os pré-requisitos envolvem a reciclagem de modelos com mais de 20 anos de uso. A partir da reciclagem do caminhão usado, é emitido um certificado e, a partir dele, o consumidor poderá acessar o bônus.

O objetivo das montadoras é retirar de circulação caminhões mais velhos e incentivar a compra de novos, com a regulamentação do programa Renovar.

Já para os automóveis, as regras estabelecem que os automóveis precisam atender algumas exigências. Como, por exemplo, eficiência energética, preço e 60% de índice de nacionalização de peças.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *