Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

O que é um semáforo inteligente?  

Grandes cidades já possuem o semáforo inteligente, que promete menos tempo em trânsito


Por Accio Comunicação Publicado 20/02/2024 às 13h30
 Tempo de leitura estimado: 00:00
EPTC – Semáforo inteligente
Foto: Lucas Barroso/Arquivo Prefeitura de Porto Alegre.

Você sabe o que é um semáforo inteligente? Antes de mais nada, precisamos entender a origem do semáforo. Por meio de uma invenção do inglês John Peake Knight, em 1868, surgiu o equipamento que regulava o tráfego de cavalos na cidade de Londres (Inglaterra).  

O primeiro semáforo contava com duas luzes (vermelho e verde), com braços movidos por policiais. Já a criação do semáforo que conhecemos hoje, aconteceu em 1920, nos Estados Unidos, pelo agente William L. Potts.  

A instalação do primeiro semáforo brasileiro ocorreu em 1935, na cidade de São Paulo – especificamente na região do Brás. Vale ressaltar que, em 2023, a cidade adotou os semáforos inteligentes para as principais vias da capital.  

Como funciona um semáforo inteligente 

O semáforo inteligente possui um sistema de controle para veículos, que combina com o semáforo tradicional por meio de sensores. O trabalho ocorre em modo Headway (adaptativo local). Os ajustes nos sinais acontecem independentes e em tempo real.  

Alguns novos sistemas de semáforo ajudam a coletar dados, ajustando os sinais ao mesmo tempo. Para se ter uma ideia, o sinal é ajustado conforme o fluxo de tráfego de veículos e o ciclo de tempo.  

Outras cidades pelo país já adotaram o semáforo inteligente, como é o caso de Campinas (SP), Macapá (AP) e Recife (PE).  

Quais são os benefícios do semáforo inteligente?  

semaforos-vermelhos-no-fundo-do-ceu-azul
Foto: Freepik.

O semáforo inteligente permite agir em situações imprevistas, por exemplo, de acidentes ou eventos. Além disso, enquanto o sistema atual de semáforo responde por ciclos pré-programados, o semáforo inteligente permite ajustar as luzes de acordo com o trânsito, para melhorar o fluxo de veículos.

O sistema permite também registrar informações de trânsito com o uso de detectores e câmeras, o que pode auxiliar muito nas análises de fluxo de veículos. 

Outra vantagem é a redução de tempo em trânsito e reclamações dos condutores. O semáforo inteligente traz economia de tempo aos motoristas e permite também reduzir o consumo de combustível e a poluição emitida pelos automóveis.  

Por fim, os novos semáforos são feitos com cabos de alumínio, em vez de cobre. Isso permite diminuir a atratividade para furtos de cabos. Além disso, a central de monitoramento notifica em tempo real, se um semáforo parar de funcionar. 

E você, já conhecia o semáforo inteligente? Conte para gente nos comentários aqui embaixo!  

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *