Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

12 de julho de 2024

5 cuidados que você deve ter ao vender carros na internet

Listamos os 5 principais cuidados que devem ser tomados quando se decide ofertar um veículo utilizando as mais diferentes plataformas de vendas online.


Por Agência de Conteúdo Publicado 10/06/2023 às 13h30
Ouvir: 00:00
Vender carro pela internet
Foto de Łukasz Nieścioruk, por Unsplash

Desde os seus primórdios, a internet é usada para conectar pessoas fisicamente distantes, mas com objetivos em comum. Isso pode ser observado em coisas simples, como a descoberta de novos lugares e pessoas; mas também em atividades mais envolvidas, como a busca por trabalhos e a de vender carros pela internet. Essa última atividade, em especial, foi completamente modificada com o advento da internet. Mais ainda, as redes sociais possibilitaram o contato direto entre vendedor e comprador, sem a necessidade de mediadores. Naturalmente, seguir esse caminho tem tanto pontos positivos quanto negativos.

Acima de tudo, vender carros pela internet requer alguns conhecimentos, a fim de não ser vítima de golpes.

Pensando nessa realidade, abaixo nós listamos os 5 principais cuidados que devem ser tomados quando se decide vender carros pela internet utilizando as mais diferentes plataformas de vendas online.

1 – Grave vídeos mostrando o veículo

Fotos são imprescindíveis para vendas online, considerando que compradores em potencial precisarão ver o produto que estão adquirindo. Nesse sentido, uma regra simples é: quanto mais caro for um produto, mais detalhes deve se fornecer, especialmente os visuais.

No caso dos carros, recomenda-se gravar vídeos dos veículos, apresentando-os para possíveis compradores. Apesar disso, é muito importante cuidar para não mostrar dados pessoais de maneira acidental, como endereços, imagens de documentos ou qualquer coisa que não caiba na situação.

Caso o vídeo que gravou mostre algum elemento que não deveria, é possível usar editor de vídeo para Mac ou para Windows, cortando apenas as partes importantes antes de postá-lo nos marketplaces das redes sociais ou em plataformas exclusivamente dedicadas à compra e venda de veículos.

2 – Tome cuidado com negociações informais

É muito comum que, ao anunciar um carro em uma plataforma específica para vendas, um comprador sugira que vocês continuem a negociação de maneira privada, geralmente utilizando o WhatsApp. Se isso acontecer com você, vale ficar em alerta, já que existe a possibilidade de se tratar de um golpe.

Isso acontece porque, enquanto as plataformas de venda oferecem garantias ao vendedor (e ao comprador), negócios firmados fora dela são informais. Isso não significa que qualquer venda feita pelo WhatsApp seja um golpe, mas é preciso manter o alerta, a fim de evitar perdas e prejuízos.

3 – Não publique anúncios que mostrem a placa do veículo

Seguindo uma das dicas anteriores, é interessante dar especial destaque às placas dos veículos. A maioria das pessoas compreende que não deve mostrar dados pessoais (como aqueles de documentos), mas é comum achar que não existe qualquer problema em mostrar a placa do veículo.

Antes de postar qualquer foto do carro que está vendendo, tire um tempo para editar a placa. Isso é possível fazer em programas de edição de imagem (ou vídeo), como o Wondershare Filmora. É possível, inclusive, editar outros elementos da fotografia, tornando-a mais atrativa aos compradores.

A edição dos materiais relacionados ao veículo visa ao mesmo tempo entregar segurança aos vendedores e melhorar as chances de venda. Não é preciso ser um expert em edição de materiais audiovisuais, basta que utilize softwares com o objetivo de proteger suas informações pessoais.

4 – “Valorize” o veículo antes de tirar uma foto

Um mesmo produto pode ter duas representações completamente distintas, dependendo da maneira como se tira a foto. Baixa iluminação, ângulos pouco favoráveis ou mesmo sujeiras que é possível remover facilmente, diminuem consideravelmente as chances de vender um veículo na internet.

Além de manter cuidados físicos (como a limpeza do veículo), editores de vídeo gratuitos no Mac e no Windows podem ser bastante úteis para a valorização do carro que está tentando vender. Tudo isso, é claro, partindo de uma fotografia bem tirada, já que softwares cumprem apenas parte da tarefa.

5 – Conheça os principais golpes aplicados, a fim de proteger-se

Em um dos tópicos acima, nós falamos sobre um tipo de golpe específico, aplicado pelo WhatsApp após o vendedor ter anunciado em um site de vendas grande. Como é possível deduzir, ele não é o único tipo utilizado por golpistas na internet, de modo que é preciso se manter sempre atualizado.

Um dos maiores erros que você pode cometer é achar que está “à prova de golpes”. Criminosos estão sempre elaborando novas maneiras de “passar a perna” em vendedores honestos, mesmo aqueles mais experientes em negócios pela internet. É preciso, então, não subestimar as habilidades deles.

Prefira sempre fechar negócios diretamente nas plataformas onde está anunciando o veículo. Caso decida fazer a venda fora do site em questão, faça extensas pesquisas sobre golpes em potencial. Se você se mantiver sempre atento e atualizado, a venda ocorrerá sem nenhum problema ou riscos.

Embora existam alguns desafios associados com a venda de veículos pela internet, as plataformas online oferecem benefícios únicos e que não se deve deixar de lado. Priorizando a segurança dos seus dados e mantendo a atenção, você terá as melhores chances de fazer uma venda genuína.

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *