Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

24 de julho de 2024

PRF alerta para os perigos de fugir da fiscalização


Por Mariana Czerwonka Publicado 27/10/2022 às 16h30 Atualizado 08/11/2022 às 21h01
Ouvir: 00:00

Motociclista se fere gravemente após desobedecer ordem de parada da PRF. Fugir da fiscalização pode causar até acidentes fatais.

Por sorte um motociclista não foi fatalmente atropelado por um caminhão Scânia, na última terça-feira (26), no km 44 da Br-101 em Igarassu, em Pernambuco. Uma fratura exposta na perna direita foi a consequência de uma conduta que seria possível evitar. O acidente aconteceu enquanto o homem tentava fugir da fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Conforme o órgão, o motociclista transitava no canteiro central da via. Ao receber sinal de parada dos policias, tentou fugir da fiscalização e acabou colidindo no veículo de carga.


Leia também:

Fugir do local do acidente é crime, mesmo quando não há vítimas 

Conduta de risco

Ainda de acordo com a PRF, sentado na faixa de rolamento, com a perna gravemente machucada, o motociclista talvez não tenha se dado conta do quão perigosa a sua conduta, o que o fez cruzar a via sem observar o deslocamento do caminhão.

Quem foge da fiscalização policial, segundo a PRF, pode colocar a própria vida em risco, a de terceiros e também a dos agentes. Além disso, desobedecer à ordem de autoridade ou agente de trânsito é uma infração grave, com multa de R$ 195,23, conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Os PRFs envolvidos na ocorrência não constataram irregularidades quanto ao veículo assim como quanto ao motociclista. Em razão dos graves ferimentos, o homem recebeu socorro e não realizou o teste do bafômetro. Já o motorista do caminhão fez o teste que deu negativo para a ingestão de álcool. O condutor ferido recebeu os primeiros socorros no local de uma equipe do “Medicus 24h” que passava no local e em seguida o Samu o encaminhou para uma unidade hospitalar.

Com informações da PRF

Receba as mais lidas da semana por e-mail

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *