Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nossos sites, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao acessar o Portal do Trânsito, você concorda com o uso dessa tecnologia. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

25 de julho de 2024

Asfalto ecológico melhora conforto e segurança nas estradas


Por Mariana Czerwonka Publicado 16/04/2017 às 03h00 Atualizado 08/11/2022 às 22h27
Ouvir: 00:00

Assessoria de Imprensa 

Ecovia

Asfalto ecológicoBR 277 – Litoral do Paraná. Foto: Guilherme Pupo.

Preservar o meio ambiente e oferecer aos usuários as melhores condições de tráfego. Esses são dois dos principais objetivos da concessionária Ecovia Caminho do Mar, que administra a malha rodoviária que liga Curitiba ao litoral do Paraná.  Desde 2008, a empresa faz o uso do chamado asfalto ecológico, produto ambientalmente correto e mais resistente que o asfalto convencional.

O asfalto ecológico é produzido a partir da utilização de pneus de caminhão sem condições de uso e que poderiam ser descartados ao meio ambiente. No asfalto-borracha cerca de 14% do produto e composta de pó de pneu moído.

“O impacto dessa iniciativa para o usuário é que a borracha proporciona uma maior aderência do veículo em relação ao asfalto convencional, trazendo assim maior segurança para os usuários da rodovia.”, explica o Coordenador de Engenharia, Fábio Assunção.

No último ano, a Ecovia consumiu mais de 1,7 mil toneladas de asfalto ecológico, o que significa o uso de 238 toneladas de pó de pneu moído. Como cada pneu de caminhão produz cerca de 32 kg de pó moído, a aplicação do asfalto ecológico nas rodovias administradas pela concessionária contribuiu para reutilização de 7.500 pneus de caminhão em um ano, com forte impacto na preservação ao meio ambiente.

Durabilidade

Também de acordo com a Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (ANIP), o asfalto-borracha tem durabilidade cerca de 40% maior do que o asfalto convencional, devido a sua menor deformação e maior elasticidade. Isso contribui para o menor desgaste do pavimento e consequente redução da necessidade de reparos na pista, o que ajuda a manter a rodovia com maior fluidez de tráfego de veículos.

“Cada vez que realizamos uma obra de pavimentação há interdições no fluxo de tráfego. Outra vantagem do asfalto-borracha é a redução do tempo de liberação da pista ao tráfego em relação ao execução com asfalto tradicional. Isto se deve pela a redução do tempo de resfriamento da mistura, que é maior no asfalto-borracha em relação ao asfalto convencional devido as suas características”, conta o gerente de Engenharia da concessionária Ecovia, Alexandre Santos.

As informações são da Assessoria de Imprensa

Receba as mais lidas da semana por e-mail

1 comentário

  • Joao de Brito Lopes de Araujo
    19/07/2023 às 07:43

    Foi muito bom ter a informacao disponibilizada sobre o asfalto borracha. Sendo eu Mocambicano, Gostaria porem de saber se seria possivel ter uma unidade industrial vossa aqui em Mocambique, a qual podesse reutilizar os milhares de pneus usados que diariamente sao deitados na lixeira pondo em perigo o ambiente. Estamos abertos a perguntas que achardes uteis para tomada de decisao.

    Atenciosamente

    Joao de Brito Araujo

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *